Casa de Bjälbo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Casa de Bjälbo
Bjälboätten

Um dos brasões da Casa de Bjälbo
País:  Suécia
Dinastia de origem: Casa de Erik
Fundador: Valdemar I da Suécia
Último soberano: Haquino Magnusson
Ano de fundação: 1250
Ano de dissolução: 1364

A Casa de Bjälbo – em sueco Bjälboätten - foi uma dinastia real que governou a Suécia entre 1250 e 1364. [1][2]

O primeiro rei desta dinastia foi Valdemar I da Suécia, filho de Birger Jarl, e o último Haquino Magnusson. [3]

Esta poderosa família era originária e tinha a sua base em Bjälbo na Östergötland.

A partir do séc. XVII, a Casa de Bjälbo, passou a ser erroneamente designada por Casa de Folkung (Folkungaätten), em referência ambígua ao poderoso partido dos nobres de Folkung do séc. XIII.[4]

Reis da Casa de Bjälbo[editar | editar código-fonte]

Fontes[editar | editar código-fonte]

  • «Folkungaätten» (em sueco). Tacitus.nu. Consultado em 29 de julho de 2012 
  • «Folkungaätten» (em sueco). Nordisk Familjebok. Consultado em 29 de julho de 2012 
  • Bengt Wadbring. «Bjälboätten och folkungatiden» (em sueco). Bengans historiasidor. Consultado em 29 de julho de 2012 
  • MELIN, Jan; JOHANSSON, Alf; HEDENBORG, Susanna (2006). «Äldre medeltiden (1060-1319)». Sveriges historia (em sueco). Estocolmo: Prisma. pp. 62–67. ISBN 91-518-4666-7 

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Folkungaätten» (em sueco). Tacitus.nu. Consultado em 29 de julho de 2012 
  2. «Bjälboätten och folkungatiden» (em sueco). Bengans historiasidor: Historien sedd från Västergötland. Consultado em 21 de março de 2017 
  3. «Folkungaätten» (em sueco). Tacitus.nu. Consultado em 29 de julho de 2012 
  4. Harrison, Dick (2009). «Riksmakt». Sveriges historia. 600-1350 (em sueco). Estocolmo: Norstedts. p. 251. 502 páginas. ISBN 978-91-1-302377-9 
Precedido por
Casa de Erik
'Casa de Bjälbo'
1229–1234, 1248/1250–1318 e 1319–1364
Sucedido por
Casa de Mecklenburg