Miguel Sutil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Miguel Sutil de Oliveira foi um bandeirante paulista, sorocabano, do século XVIII, filho de Sebastião Sutil de Oliveira e Maria Fernandes. Descobriu, em 1722, as minas de ouro à beira do córrego da Prainha, próximo de onde hoje está a igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, estabelecendo ali uma pequena lavra a qual logo cresce devido o grande deslocamento populacional tanto da Forquilha quanto de outras regiões. Várias monções passam a abastecer a região. O trabalho era executado basicamente por escravos e homens livres(índios). A partir das margens do rio Cuiabá, começou a explorar a região onde a cidade de Cuiabá começou. Silva Leme descreve sua família no volume 1, página 59 em diante da sua «Genealogia Paulistana». Essas minas de ouro foram inicialmente conhecidas como "lavras do Sutil" e, posteriormente por minas do Senhor Bom Jesus do Cuiabá, descobertas por acaso pelos índios do arraial de Miguel Sutil. As Minas de Cuiabá atraíram aventureiros de várias regiões, obviamente a maioria destes da capitania de São Vicente. Eram principalmente mineradores, tropeiros e monçoeiros, todos em busca do enriquecimento rápido. As Lavras do Sutil hoje são o Bairro Baú, no centro de Cuiabá. Na cidade de Cuiabá há uma avenida de grande extensão, com o nome de Miguel Sutil, em homenagem a este bandeirante.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.