Mike Stone

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Mike Stone (1951 - junho de 2002) foi um engenheiro de áudio e produtor musical britânico. Stone trabalhou com Queen (vários álbuns), Blue Öyster Cult, Foreigner, Journey (vários álbuns), Kiss, Asia, Daniel Amos, Lou Reed, Whitesnake, Bee Gees, Discharge, Joe Walsh e vários outros.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Stone começou sua carreira como assistente de gravação no Abbey Road Studios, na Inglaterra. Ainda adolescente, trabalhou em algumas sessões para de Beatles For Sale, dos Beatles.[2] Mais tarde, passou a trabalhar no Trident Studios, até tornar-se engenheiro de áudio. Em 1974, Mike começou um longo relacionamento com o Queen quando trabalhavam com o produtor Roy Thomas Baker, auxiliando inclusive nas harmonias de "Bohemian Rhapsody".[3] Depois disso, o instrumentista chegou a produzir alguns discos da banda, como News of the World".[4]

A produtividade do trabalho de Stone foi limitado nos últimos anos por seus problemas de alcoolismo, que o levaram à morte.

Discografia selecionada[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f g h i j «Mike "Clay" Stone - credits» (em inglês). Allmusic. Consultado em 14 de janeiro de 2015 
  2. Emerick, Geoff; Massey, Howard (2007). Here, There and Everywhere: My Life Recording the Music of The Beatles. [S.l.]: Penguin. ISBN 1592402690. Consultado em 22 de novembro de 2009 
  3. Mancuso, Carl J. (26 de abril de 2011). «Classic Albums - Queen: A Night at the Opera». Seattle Post-Intelligencer 
  4. Blake, Mark. "Is This the Real Life?: The Untold Story of Queen".