Milan Jelić

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Milan Jelić
Nascimento 26 de março de 1956
Koprivna (República Socialista Federativa da Iugoslávia)
Morte 30 de setembro de 2007 (51 anos)
Modriča
Residência República Sérvia
Cidadania Bósnia e Herzegovina, Sérvia
Etnia Sérvios da Bósnia e Herzegovina
Alma mater
  • Universidade de Novi Sad
  • University of Banja Luka
Ocupação economista, político
Religião Igreja Ortodoxa Sérvia
Causa da morte enfarte agudo do miocárdio

Milan Jelić (Koprivna, 26 de março de 1956Modriča, 30 de setembro de 2007) foi um político sérvio da Bósnia e Herzegovina.[1] Foi presidente da República Srpska. faleceu em 30 de setembro de 2007.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido em Koprivna, aldeia perto Modrica, Jelić completou o ensino secundário em Doboj e se formou na Universidade de Novi Sad na Faculdade em Economia. Seu doutorado foi defendido na Universidade de Banja Luka.

Jelić passou quatro anos no conselho local em Modrica. Aí passou muitos anos, até ser nomeado líder do município de Modrica. Após o "Acordo de Dayton", ele foi eleito para a Assembleia Nacional da República Srpska. Ele também atuou como presidente da Associação de Futebol da República Srpska, e presidente da Associação de Futebol da Bósnia e Herzegovina.

Na tarde de 30 de setembro de 2007, enquanto assistia a um jogo de futebol em Modrica, Jelić teve um ataque cardíaco, morrendo pouco tempo depois, após uma tentativa de reanimação mal sucedida no hospital Doboj.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço relacionado ao Projeto Biografias de Políticos. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.