Mitnagdim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Mitnagdim ou misnagdim (em hebraico: מתנגדים, "oponentes") é um tipo ortodoxo de judaísmo, que baseia suas leis geralmente nas decisões encontradas no Talmude e rejeita o misticismo do hassidismo. No século XVIII, opuseram-se ao surgimento do judaísmo hassídico - movimento de reação contra o judaísmo "acadêmico" da época, surgido na Europa Oriental (Bielorrússia e Ucrânia), sob a liderança do rabino Israel ben Eliezer (1700-1760), conhecido como Baal Shem Tov.

"Os hassidim [são] inclinados à mística baseada na exaltação das emoções religiosas, enquanto os mitnagdim, majoritariamente formados nas escolas talmúdicas da Lituânia, praticam um judaísmo mais austero, mais intelectualizado, fundado no princípio da casuística dialética (pilpul). Os mitnagdim criticam a orientação hassídica de defender a supremacia da Cabala (mística judaica) sobre a Halakha e reprovam sobretudo uma alegria de viver que consideram incompatível com o estudo da Torá." 1

Atualmente, os grupos religiosos que adotam as práticas dos primeiros mitnagdim continuam a ser referidos sob essa denominação, embora a oposição aos hassidim tenha se tornado muito tênue. Os mitnagdim são também referidos como "corrente lituana", pois os yeshivot (academias religiosas) dessa corrente foram particularmente influentes na Lituânia, ao longo do século XIX e no início do século XX.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre judaísmo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.