Modelo discreto de capacitância

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Um modelo discreto de capacitância, também chamado análise discreta de sistema,[1] reduz um sistema térmico a um número de "pedaços" discretos e supõe que as diferenças de temperatura dentro de cada pedaço é negligenciável. Esta aproximação é útil para simplificar a complexas equações de calor diferenciais. Foi desenvolvido como um análogo matemático da capacitância elétrica.[2]

Referências

  1. Incropera; DeWitt, Bergman, Lavine. Fundamentals of Heat and Mass Transfer. 6th edition ed. [S.l.]: John Wiley & Sons, 2007. 260–261 p. ISBN 978-0-471-45728-2
  2. REDDY, J. N., The finite element method in heat transfer and fluid dynamics. Florida: CRC. 1994.