Monsenhor Quixote

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Monsignor Quixote
Mosenhor Quixote (PT)
Autor (es) Graham Greene
Idioma língua inglesa
País Reino Unido Reino Unido
Género Romance, comédia
Editora The Bodley Head
Lançamento 16 de setembro de 1982
Editora Europa-América, Círculo de Leitores
Cronologia
Último
Último
Pontos de fuga
Um lobo solitário
Próximo
Próximo

Monsenhor Quixote (Monsignor Quixote no original em inglês) é uma novela escrita por Graham Greene, e publicada em 1982. O livro faz uma reconstituição da novela espanhola Don Quixote de Miguel de Cervantes com várias cenas cômicas, mas também entra em discussão no que diz respeito à vida pós-ditadura, comunismo, e a católica.

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Padre Quixote, um paroquial da pequena cidade de El Toboso, na região espanhola de La Mancha, acredita ser um descedente do personagem de mesmo nome de Cervantes e tenta se aproximar da vida dele, mesmo que as pessoas insistam-lhe que Dom Quixote é apenas um personagem fictício. Ele batiza seu Seat 600 de Rocinante, e a santa de sua devoção vira uma Dulcinéia. O padre vivia uma vida simples e tranqüila, a conversar com o prefeito comunista, a ouvir as críticas do bispo, a discutir com Teresa, sua velha empregada. Um dia ele ajuda um bispo italiano aflito cujo carro enguiçara na estrada. Semanas depois, ele recebe o título de monsenhor do próprio Papa, surpreendendo seu bispo que desconfiava de seus atos. A partir daí sua vida toma outro rumo, com diversas aventuras e situações pouco comuns a um padre.

Adaptações[editar | editar código-fonte]

Em 1985, Graham Greene e Christopher Neame adaptaram Monsenhor Quixote para um filme estrelando Alec Guinness e Leo McKern.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]