Moralistas franceses

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Os moralistas franceses são um grupo heterogêneo de pensadores franceses dos séculos XVII e XVIII. Trata-se de uma corrente que surge com Montaigne (15331592) e que culmina com o Iluminismo.

Moralistas não no sentido de defensores de uma moral conservadora, mas sim críticos dos costumes e da moral, estes pensadores foram atentos observadores da mentalidade e do espírito de sua época. Entre os moralistas franceses mais destacados se encontram: