Antoine de Rivarol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rivarol Antoine1.jpg

Antoine de Rivarol (26 de junho de 1753, Bagnols-sur-Cèze, Gard11 de abril de 1801, Berlim) foi um escritor e polemista francês.

No Brasil, a obra de Rivarol foi acolhida pelo simbolista Tristão da Cunha. Em seu livro Coisas do Tempo, 1922, a ele dedica justamente o ensaio de abertura, intitulado No jardim de Rivarol.

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Antoine de Rivarol
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Antoine de Rivarol

Erro de citação: Código <ref> inválido; refs sem parâmetro de nome devem possuir conteúdo a elas associado CUNHA, Tristão da. Obras de Tristão da Cunha. Rio de Janeiro, Livraria Agir Editora; Brasília: INL, 1979, p. 28-56.