Moschops

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.


Como ler uma caixa taxonómicaMoschops
Restauração de um Moschops capensis

Restauração de um Moschops capensis
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Subfilo: Vertebrata
Superclasse: Tetrapoda
Classe: Synapsida
Ordem: Therapsida
Subordem: Dinocephalia
Superfamília: Tapinocephalia
Família: Tapinocephalidae
Género: Moschops

Broom, 1911

Espécie
  • Moschops capensis, Broom, 1911

Moschops foi um gênero extinto de terapsídeo que viveu no Permiano Médio, há aproximadamente 255 milhões de anos. O seus restos foram encontrados na região de Karoo, na África do Sul.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Foi o maior animal de seu habitat, com um comprimento de corpo de aproximadamente 5 metros. Foi um pesado quadrúpede, herbívoro com dentes curtos.

Tinha um crânio espesso e muitos cientistas acreditam que os animais competiam um com os outros dando cabeçadas; as cabras da montanha usam um método semelhante (embora alguns cientistas sugiram que o crânio pesado no achado fóssil possa ser resultado de uma doença). Um rabo curto, mas pesado pode ter contrabalançado a sua grande cabeça se o espesso crânio for uma ocorrência natural. Ele foi provavelmente a fonte principal da comida de outro therapsida predador na área.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre sinapsídeos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.