Herbívoro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dois cervos se alimentando.

Herbívoro é, tanto na linguagem vernácula, como nos diferentes ramos da biologia, um ser vivo (geralmente animal) que se alimenta de plantas (vegetais). Também designados por consumidores de primeira ordem ou consumidores primários, alimentam-se directa ou indiretamente de substâncias orgânicas produzidas pelos vegetais com clorofila.

Herbivoria é o nome dado à predação, quando o predador é um animal e a presa é um produtor primário (planta ou alga). A predação é uma interação biológica que resulta em efeitos negativos no crescimento e sobrevivência de uma população e em um efeito positivo ou benéfico na outra. No entanto, no caso da herbivoria, os predadores podem contribuir para a perpetuação das espécies vegetais pela polinização de plantas e dispersão de sementes.

Alguns exemplos de animais herbívoros são a maioria dos mamíferos artiodátilos, como os bois, antílopes, ovelhas e perissodátilos, como rinocerontes, girafas, Cabra, elefante, anta, cavalos e tapires.

Quando uma pessoa decide por uma alimentação herbívora, usa-se o termo vegetarianismo[1] (embora haja tipos de dietas vegetarianas que incluem algum tipo de alimento de origem animal, como ovos e leite).

No caso dos insetos que se alimentam de plantas ou de alguns dos seus produtos (como as borboletas e outros animais que se alimentam de néctar, ou os mosquitos machos que se alimentam da seiva), o termo utilizado é fitofagia.[1]

O inseto tem a capacidade de alterar os padrões de desenvolvimento da planta, transformar o tecido vegetal e permitir que o parasita crie um alimento cheio de nutrientes. Os insetos herbívoros também conhecido como fitófagos são aqueles que consomem fragmentos vivos de vegetais. Alguns dos exemplos mais conhecidos de insetos herbívoros são: Orthoptera, Hemiptera, Diptera, Phasmatodea etc.

Os insetos podem ser classificados quanto as formas de vida: Insetos minadores, galhadores e insetos de vida livre. Os insetos minadores são os herbívoros que se alimentam dos tecidos epidérmico de planta e podem ser encontradas nas ordens de insetos como Hymenoptera e Coleoptera. Insetos galhadores são aqueles herbívoros que fazem uma série de alterações no tecido das plantas hospedeiras. Existem muitos gêneros como Diptera, Thysanoptera, entre outros. Já os insetos de vida livre ou exofíticos fazem parte da ordem de herbívoros cujos representantes são Orthoptera, lipidoptera. Esses insetos consomem alimentos como folhas, flores e caules. Os mastigadores possuem aparelho bucal do tipo mastigador e os sugadores apresentam um aparelho bucal que desempenha o papel de sugar, suga nutrientes da células vegetais.[2]

Os herbívoros desempenham um grande papel na cadeia alimentar.

Referências

  1. a b Seixas, Cristina Faganelli (19 de maio de 2005). «Relações ecológicas - Os tipos de relacionamento entre os seres vivos». Os tipos de relacionamento entre os seres vivos. Consultado em 23 de fevereiro de 2017 
  2. Fernandes; G.W, Carneiro ; A.A.M (2009). «insetos galhadores» (PDF). bioecologia e nutrição dos insetos- base para o manejo integrado de pragas. Consultado em 25 de fevereiro de 2017 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre ecologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.