Alcaim Biamir Alá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Muhammad al-Qaim Bi-Amrillah)
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outras acepções, veja Alcaim.
Alcaim
Califa fatímida
Dinar de ouro do califa Alcaim
Reinado 934946
Antecessor(a) Ubaidalá Almadi
Sucessor(a) Ismail Almançor
Dinastia Fatímida
Nascimento 893
  Salamia, na Síria
Morte 17 de maio de 946 (53 anos)
Filho(s) Ismail Almançor
Pai Ubaidalá Almadi


Maomé Alcaim Biamir Alá (em árabe: محمد القائم بأمر الله; transl.: Muhammad al-Qaim Bi-Amrillah) foi o segundo califa fatímida na Ifríquia, reinando entre 934 e 946. Ele é o décimo-segundo imame segundo a crença ismaelita fatímida.

História[editar | editar código-fonte]

Alcaim nasceu em Salamia, na Síria, em 893, com o nome de Abdal Ramane. Após seu pai Ubaidalá Almadi ter tomado o poder na Ifríquia, foi nomeador herdeiro do trono em 912 e ajudou a sufocar seguidas revoltas. Porém, suas campanhas no Egito fracassaram frente à resistência dos abássidas (em 914-915 e, novamente, em 919-921), com pesadas perdas.

Em 934, Alcaim sucedeu ao pai e se tornou o segundo califa fatímida. Depois de sua ascensão, ele nunca mais deixou a residência real em Mahdia. Mesmo assim, o Califado Fatímida se tornou um poderoso estado na região do Mediterrâneo. Após a conquista da Sicília, as províncias bizantinas da Calábria e a costa da Itália e da França passaram a ser alvo frequentes de saques.

Porém, de 944 até 947, o califado caiu numa criso por conta da revolta de Abu Iázide, que uniu as tribos berberes de fé carijita da região das Montanhas Aurès (na Argélia oriental) e invadiu a Ifríquia. O imame Alcaim conseguiu repeli-los em Mahdia com a ajuda da marinha por um ano e morreu antes que a revolta fosse debelada.

Alcaim foi sucedido por seu filho Ismail Almançor.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Alcaim Biamir Alá
Nascimento: 893 Morte: 946
Precedido por:
Ubaidalá Almadi
Califas fatímidas
934–946
Sucedido por:
Almançor

Ligações externas[editar | editar código-fonte]