Munidopsis serricornis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Como ler uma infocaixa de taxonomiaMunidopsis serricornis
Munidopsis serricornis
Munidopsis serricornis
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Arthropoda
Subfilo: Crustacea
Classe: Malacostraca
Ordem: Decapoda
Família: Munidopsidae
Género: Munidopsis
Espécie: M. serricornis
Nome binomial
Munidopsis serricornis
(Lovén, 1852) [1]
Sinónimos [2]
  • Galathea serricornis Lovén, 1852
  • Galathea tridentata Esmark, 1857
  • Galathodes serricornis (Lovén, 1852)
  • Galathodes rosaceus A. Milne-Edwards, 1881
  • Galathodes tridentata (Esmark, 1857)
  • Galathodes tridentatus (Esmark, 1857)
  • Munidopsis rosacea (A. Milne-Edwards, 1881)
  • Munidopsis bahamensis Benedict, 1902
  • Munidopsis tridentata (Esmark, 1857)
  • Munidopsis tridentatus (Esmark, 1857)
  • Munidopsis tenuirostris Benedict, 1902

Munidopsis serricornis é uma espécie de crustáceo decápode da infraordem Anomura com distribuição natural alargada nas regiões profundas dos oceanos. A sua presença é conhecida no Oceano Atlântico (desde a Islândia e Noruega até às ilhas de Cabo Verde), no Atlântico noroeste (desde a costa leste dos Estados Unidos até ao Golfo do México e no Indo-Pacífico (da Austrália e do Arquipélago Malaio até Madagáscar).[3]

Descrição[editar | editar código-fonte]

A espécie cresce até atingir um comprimento de carapaça de 20 mm.[4]

M. serricornis aparenta ser um das espécies mais abundantes da megafauna nos ecossistemas de recifes de coral de águas frias da costa sul da Noruega.[5] Já foi também observada em associação com gorgónias do género Acanthogorgia.[6]

M. serricornis foi a primeira espécie do actual género Munidopsis a ser descrita, quando Sven Lovén a descreveu como Galathea serricornis em 1852. A espécie foi descrita independentemente em 1857 sob o nome de Galathea tridentata por Laurits Esmark.[7]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. 'Munidopsis serricornis (Loven, 1852) (TSN 98038) (em inglês) . Integrated Taxonomic Information System (www.itis.gov)
  2. Keiji Baba, Enrique Macpherson, Gary C. B. Poore, Shane T. Ahyong, Adriana Bermudez, Patricia Cabezas, Chia-Wei Lin, Martha Nizinski, Celso Rodrigues & Kareen E. Schnabel (2008). «Catalogue of squat lobsters of the world (Crustacea: Decapoda: Anomura — families Chirostylidae, Galatheidae and Kiwaidae)» (PDF). Zootaxa. 1905: 1–220 
  3. Masayuki Osawa, Chia-Wei Lin & Tin-Yam Chan (2008). «Species of Galacantha and Munidopsis (Crustacea: Decapoda: Anomura: Galatheidae) from the deep-waters off Taiwan, with the description of two new species». Scientia Marina. 72 (1): 37–57. doi:10.3989/scimar.2008.72n137 
  4. Matz Berggren (2006). «Munidopsis serricornis – Trollhumrar» (PDF) (em Swedish). Sveriges Lantbruksuniversitet 
  5. Marc Lavaleye, Gerard Duineveld, Tomas Lundälv, Martin White, Damien Guihen, Kostas Kiriakoulakis, and George A. Wolff (2009). «Cold-water corals on the Tisler Reef: preliminary observations on the dynamic reef environment» (PDF). Oceanography. 22 (1): 54–62 
  6. Enrique Macpherson & Michel Segonzac (2005). «Species of the genus Munidopsis (Crustacea, Decapoda, Galatheidae) from the deep Atlantic Ocean, including cold-seep and hydrothermal vent areas» (PDF). Zootaxa. 1095: 1–60 
  7. Enrique Macpherson (2007). «Species of the genus Munidopsis Whiteaves, 1784 from the Indian and Pacific Oceans and reestablishment of the genus Galacantha A. Milne-Edwards, 1880 (Crustacea, Decapoda, Galatheidae)» (PDF). Zootaxa. 1417: 1–135