Myroslav Stupar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Myroslav Stupar
Nome completo Myroslav Ivanovych Stupar
Nascimento 27 de agosto de 1941 (80 anos)
Stanislav,  Ucrânia
Nacionalidade ucraniano
Árbitro FIFA 1977-1982
Árbitro AMF 1973–1991
Myroslav Stupar
Informações pessoais
Nome completo Myroslav Ivanovych Stupar
Data de nasc. 27 de agosto de 1941 (80 anos)
Local de nasc. Stanislav,  Ucrânia
Nacionalidade ucraniano
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Goleiro
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1958–1961
1962–1963
1964-1965
1966-1969
União das Repúblicas Socialistas Soviéticas Spartak Stanislav
União das Repúblicas Socialistas Soviéticas Volyn Lutsk
União das Repúblicas Socialistas Soviéticas Dynamo Khmelnytskyi
União das Repúblicas Socialistas Soviéticas Spartak Ivano-Frankivsk



Myroslav Ivanovych Stupar ou Miroslav Ivanovich Stupar - (em ucraniano, Мирослав Іванович Ступар) e em russo, Мирослав Иванович Ступар (Stanislav - atual Ivano-Frankivsk, 27 de agosto de 1941) é um ex-árbitro de futebol e ex-futebolista ucraniano.

Carreira como atleta[editar | editar código-fonte]

Entre 1958 e 1969, Stupar teve uma discreta carreira de jogador de futebol. Como goleiro, defendeu Spartak Stanislav (atual Spartak Ivano-Frankivsk), Volyn Lutsk e Dynamo Khmelnytskyi até se despedir dos gramados em 1969, com apenas 28 anos, para dedicar-se à carreira de árbitro, iniciada no ano seguinte.

Carreira como árbitro[editar | editar código-fonte]

Filiado à FIFA em 1977 (quatro anos após ser incluído no quadro de árbitros da Federação de Futebol da URSS), Stupar não foi escalado para apitar na Copa de 1978.

Seria na Copa de 1982, mais precisamente na partida entre França e Kuwait, que Stupar ganharia as manchetes. A França vencia por 3 a 1, quando aos 27 minutos do segundo tempo, após o meia francês Giresse ter marcado o quarto gol dos Bleus, o sheik kuwaitiano Fahad Al-Sabah, presidente do Comitê Olímpico do Kuwait e irmão do emir de seu país, denunciou um suposto impedimento ao árbitro - um apito procedente das arquibancadas foi o pivô da confusão. Al-Sabah decidiu invadir o gramado para tentar convencer Stupar a anular o gol. Pressionado pelo sheik, o áritro acabou invalidando o gol de Giresse. Mesmo assim, a França venceu o Kuwait por 4 a 1, o quarto e último gol marcado no final do jogo por Bossis.[1]

A atitude custou caro a Stupar: ele estava escalado para ser o bandeirinha no jogo Inglaterra e Kuwait,[2] mas a FIFA suspendeu o árbitro do quadro de arbitragem,[3] porém ele seguiria apitando partidas do Campeonato Soviético até o final de sua carreira, em 1991. A Associação de Futebol do Kuwait sofreu multa de 25 mil francos suíços, e Fahad Al-Sabah recebeu uma reprimenda.

Links[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Escândalos da Copa: príncipe do Kuwait invade campo e anula gol em 1982». GQ.globo.com. 27 de julho de 2013 
  2. «A FIFA suspende juiz soviético e multa Kuwait». O Estado de S. Paulo. 23 de junho de 1982 
  3. «FIFA suspende quatro juízes e pode afastar muitos outros». O Globo - Matutina, Esportes, pág. 2. 27 de junho de 1982 
Ícone de esboço Este artigo sobre um árbitro de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.