Nó 6,3

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Nó 63
Blue 6 3 Knot.png
Invariante de Arf 1
Tamanho da trança 6
Número da trança 3
Número de pontes 2
Número de crosscaps 3
Número de cruzamentos 6
Gênero 2
Volume hiperbólico 5.69302
Número de sticks 8
Número de unknotting 1
Notação Conway [2112]
Notação A-B 63
Notação Dowker 4,8,10,2,12,6
Anterior / Próximo 62 / 71
Outros
alternante, hiperbólico, fibrado, primo, totalmente ambiquiral

Na teoria dos nós, o nó 63 é um dos três nós primos com seis cruzamentos, os outros sendo o nó 6,1 e o nó 6,2. É um nó alternante, hiperbólico e totalmente ambiquiral.

Exemplo[editar | editar código-fonte]

Montagem do nó 6,3

Simetria[editar | editar código-fonte]

Como o nó 4,1, o nó 63 é totalmente ambiquiral. Isto significa que o nó 63 é ambiquiral,[1] significando que é indistinguível de sua imagem espelhada. Além do mais, é inversível, significando que orientando a curva em qualquer direção produz o mesmo nó orientado.

Invariantes[editar | editar código-fonte]

Seu polinômio de Alexander é

Seu polinômio de Conway é

Seu polinômio de Jones é

e seu polinômio de Kauffman é

[2]

O nó de 63 é um nó hiperbólico, com seu complemento tendo um volume hiperbólico de aproximadamente 5.69302.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Amphichiral Knot». Consultado em 3 de fevereiro de 2017 
  2. «63 The Knot Atlas». Consultado em 1 de fevereiro de 2017