Natércia Barreto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde janeiro de 2016)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Natércia Barreto
Informação geral
Nome completo Maria Natércia Mesquita Barreto Pereira
Nascimento 7 de junho de 1950 (66 anos)
Origem Vila de João Belo
País  Portugal
Gênero(s) Pop, pop rock
Instrumento(s) Vocal
Período em atividade 1968-1981
Gravadora(s) Parlophone
Afiliação(ões) Zito

Natércia Barreto, conhecida também como Techa, foi uma cantora moçambicana.

Percurso[editar | editar código-fonte]

Começou a cantar ainda muito nova apresentando-se em programas de rádio como "Os Sobrinhos da Tia Zita" e "Gente Nova ao Microfone", ambos de Maria Adalgisa e António Fonseca. Em 1963 fez parte do Conjunto Feminino e em 1964 passou para os quadros do Rádio Clube de Moçambique onde cantou com a Orquestra de Variedades dirigida por Artur Fonseca e a Orquestra Típica dirigida por António Gavino.[1]

Em 1965 foi a vencedora do "Óscar Revelação" e foi também "Rainha da Rádio" de Moçambique.

O seu primeiro EP , "Natércia Barreto Canta Para Si!”, foi editado em 1968. O disco incluía versões de "San Francisco" e "A Tua Canção" ("Eternally" de Charles Chaplin) e ainda os originais "Deixem-me Ser Teenager" (da autoria de Guilherme de Melo e Artur Fonseca) e "Gigi" de Guilherme de Melo e António Gavino.

No mesmo ano lançou o seu segundo disco, o EP "Encore!", composto integralmente por versões, com os temas "Vem Meu Amor" (Delilah), "Felicidades" (Congratulations), "Triste E Só" (Love Is Blue) e "La La La".

Ainda em 1968 lançou novo disco com "Primavera do Amor" (versão de "Those Were The Days") como tema principal. O tema em maior destaque acabou por ser "Óculos de Sol" que foi um grande sucesso no ano de 1969. Techa deslocou-se a Portugal e gravou nos estúdios da Valentim de Carvalho um EP que dois dos temas eram originais de Luís Miguel de Oliveira que lhe foram oferecidos por João Maria Tudella.

Em 1970 é novamente Rainha da Rádio tendo em masculinos sido vencedor o cantor Carlos Guilherme. Casou em Setembro desse ano e foi viver para a África do Sul. Em finais de 1970, a editora Parlaphone lançou um LP com os temas dos três primeiros Ep`s.

Grava um disco com temas como "O Banco, A Árvore E A Rua" e "Chitato". Lança outro EP com os temas "O Caminho do Pai", "Preciso de Olhar As estrelas", "Tudo Acontece Por Ti" e "Champs Elisées".

No ano de 1975 vence, juntamente com Zito, o concurso "Reis da Canção", organizado pela companhia sul-africana Russel's.

Em 1976 grava as canções "E Em Vez De Dedos Trazermos Setas" (Augen Wie Feuer) e "Adeus, Amor, Adeus" (Goodbye, My Love, Goodbye), "Fernando" e "Menino do Calção Branco" para as compilações "Festa1" e "Festa 2". [2] No ano seguinte grava mais três canções para o disco "Festa 3".

Em 1981 grava o seu último single, que contou com a colaboração de Al Rodrigo, "Fantasia" e "Amanhã, Amanhã". A partir de 1995 começa a cantar fado juntamente com Zito e outros artistas da comunidade.

"Óculos de Sol" aparece em várias compilações.

Em 2008 foi convidada do programa "A Minha Geração" da RTP.

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • Canta Para Si! (Ep, Parlaphone, 1968) São Francisco / Deixem-me Ser Teenager / A Tua Canção / Gigi - JGEP 12010
  • Encore! (EP, Parlaphone, 1968) Vem Meu Amor / Felicidades / Triste E Só / La La La - JGEP 12011
  • Vem Meu Amor (EP, Parlaphone, 1968) Vem Meu Amor / Felicidades / Triste E Só / La La La - LGEP 4039
  • De Novo Com Techa ‎(EP, Parlophone, 1968) JGEP 12014
  • Primavera do Amor / Naquela Manhã D'Oiro / Óculos de Sol / Canção Para Uma Noite (EP, Parlaphone, 1968) - LGEP 4040
  • Encore! (EP, Parlaphone, 1968) Goodbye / May I Tell You / Monsieur Mon Gars / Boom Bang-A-Bang [T] - JGEP 12017
  • Goodbye / May I Tell You / Monsieur Mon Gars / Boom Bang-A-Bang (EP, Parlophone, 1969) E 016 40 017
  • Zum, Zum, Zum / Sem Ti Tão Só / O Comboio do Amor / Benvindo O Sol (EP, Parlophone, 1970) [T] JGEP 12018
  • Natércia Barreto Na América (Lp, Parlaphone) E 062-40041
  • Caminha ao Sol Amigo / Traz Nas Mãos um Bragado de Flores / Cada Vento / Homens do Mar (Ep, Parlophone, 1970)- JGEP 12019
  • O Banco, A Árvore E A Rua / O Nosso Amor E Uma Flor / Tudo Acontece Por Ti / Chitato (Bayfly, 1971_mz) [T]
  • O Banco, A Árvore E A Rua / O Nosso Amor É Uma Flor / Tudo Acontece Por Ti / Chitato (Ep, Parlophone, 1971) 8E 016 81089 M
  • O Caminho do Pai / Preciso de Olhar As estrelas / Tudo Acontece Por Ti / Champs Elisées (EP, Parlophone, 1971) 8E 016 40195 M
  • Fantasia / Amanhã, Amanhã ‎(Single, Interpack, 1980) ARP 1002
  • Fantasia / Amanhã, Amanhã ‎(Single, Valentim de Carvalho, 1981) 1VCS 1002 H

Compilações[editar | editar código-fonte]

  • Come Fly With ‎(EP, Parlophone, 1969) JGEP 12015 - Natércia Barreto e Al Rodrigo
  • Festa 1 - E Em Vez De Dedos Trazermos Setas / Adeus, Amor, Adeus (1976)
  • Festa 2 - Fernando / Menino do Calção Branco (1976)
  • Festa 3 - Cantador / Nunca Te esquecerei / Luas Brincam Estrelas (1977)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências