Neil Aspinall

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Neil Aspinall
Nascimento 13 de outubro de 1941
Prestatyn, País de Gales
Morte 24 de março de 2008 (66 anos)
Nova Iorque, Estados Unidos
Nacionalidade Reino Unido Britânico
Ocupação Produtor musical

Neil Aspinall (Prestatyn, 13 de outubro de 1941Nova Iorque, 24 de março de 2008) foi um executivo e produtor musical britânico.[1] Intimamente ligado à carreira dos Beatles desde o seu início, Neil contribuiu para a produção musical do famoso quarteto com idéias criativas.

Amigo de escola de Paul McCartney e George Harrison, ele chefiou a empresa dos Beatles, Apple Corps.[2]

Os Beatles contrataram Aspinall primeiro como seu road manager, o que incluía dirigir sua velha van Commer para ir e voltar dos shows, tanto de dia quanto de noite. Depois que Mal Evans começou a trabalhar para os Beatles, Aspinall foi promovido a seu assistente pessoal, tornando-se posteriormente presidente-executivo de sua empresa, a Apple Corps, posteriormente após o fim dos Beatles, Aspinall foi contratado por Ringo Starr para supervisionar o setor de marketing da empresa de Starr a "Startling Music Ltd", porém saiu da empresa em 2007 mesmo ano em que se aposentou.[2]

Em nome da Apple, Aspinall esteve envolvido em processos judiciais notáveis ​​contra Allen Klein, EMI e Apple Computer. Ele supervisionava o marketing de música, vídeos e merchandising, além de ser diretor da Standby Films, que funcionava de sua casa em Twickenham, Londres. Em 10 de abril de 2007, Aspinall aposentou-se da Apple Corps e morreu de câncer de pulmão em Nova Iorque em 2008.[2]

Referências

  1. «Neil Aspinall». Encyclopædia Britannica Online (em inglês). Consultado em 17 de novembro de 2019 
  2. a b c Senelick, Laurence (fevereiro de 2000). «Burgess, Neil (29 June 1846?–19 February 1910), actor». Oxford University Press. American National Biography Online. Consultado em 27 de setembro de 2020