Nidificação

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ninho com um filhote de pardal-doméstico (Passer domesticus).

Nidificação é a ação de alguma espécie de animal construir seu ninho. É muito comum aos pássaros no período de incubação de seus ovos. Em algumas espécies tanto o macho como a fêmea constroem o ninho; em outras, somente a fêmea ou o macho. O ninho pode ser construído em diversos locais como árvores, no chão, em paredões, coletivos e as vezes, em ninhos de outras aves. Também é possível o uso de ninhos artificiais. [1]

Esse comportamento apresenta diversos aspectos interessantes para o entendimento da formação do comportamento social dos animais, dos insetos ao homem. E essa compreensão está ligada à teoria darwinista das espécies. Por isso é importante entender como certas espécies adquiriram essa comportamento com o passar das gerações. Uma espécie pode, dependendo da região, ter mais chances de sobreviver quando se desenvolve dentro de um ninho aos cuidados dos seus genitores, em relação à outra que se desenvolve de modo mais independente.

A nidificação pode relacionar-se com os ninhos criados pelas aves migratórias como andorinhas e cegonhas que todos os anos regressam aos mesmos locais para o fazer, assegurando a continuação da espécie, já que não tem capacidade para se adaptar aos meios com temperaturas extremas.[1]

Referências

  1. a b «Ninhos, belas construções funcionais». Wikiaves. Consultado em 6 de fevereiro de 2017 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Biologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.