Offa (Nigéria)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Offa

Olalomi

  cidade  
Localização
Offa está localizado em: Nigéria
Offa
Localização na Nigéria
Coordenadas 8° 09' N 4° 43' E
País  Nigéria
Estado Kwara
Características geográficas
População total (2006) 88,975 hab.
Fuso horário WAT (UTC+1)

Offa, no estado de Kwara, é uma cidade situada no centro da Nigéria com uma população de cerca de 90.000 habitantes.[1] A vegetação em Offa é de cerrado e a cidade é conhecida por seu comércio, tecelagem e tingimento, usando tintas vegetais cultivadas localmente, feitas a partir de Índigo e outras plantas.

Offa é bem conhecida pelo cultivo de batata doce e milho, que também faziam parte dos alimentos básicos favoritos dos indígenas na cidade. Um de seus elogios é ser o endereço da casa da batata-doce. Gado, cabras e ovelhas também são criados nos arredores. As religiões principais praticadas na cidade são: islamismo, cristianismo e as religiões tradicionais africanas.

A tradição antiga pelo qual a cidade é conhecida é luta. A rica história de Offa é amplamente documentada em um livro escrito por James Bukoye Olafimihan um educador e pastor intitulado Iwe Itan Offa, traduzido literalmente O Livro da História de Offa.

Offa está na linha ferroviária de Lagos, a antiga capital da Nigéria, e serviu como terminal ferroviário antes da linha ser estendida para o norte, para Kano e Nguru.

Instituições de ensino superior da cidade incluem a Federal Polytechnic Offa[2], criada em 1992, o Kwara State College of Health Technology (estabelecida 1976 [3]), e a Nigeria Navy School of Health Sciences. Há também duas universidades privadas e uma politécnica cuja construção está quase concluída.

As duas famílias reais na cidade de Offa são a Ailelerin e Olugbenga. Eles são bem conhecidos na história de Offa. Algumas famílias proeminentes são: os Olatinwos, os Ijaiyas, e os Adekeyes.

Personalidades eminentes que são conhecidos em todo o país, inclui:

  • Fadilat Maolana Sheikh Jamiu Shamsudeen (Bulala),
  • Fadilat Maolana Sheikh Mohammed Raji (Afelele),
  • Aremo (Prof) Mosbalaje Olaloye Oyawoye (CON),
  • Grupo Capitão Salaudeen Latinwo (rtd),
  • Chefe Sunday Olawoyin (O falecido Asiwaju de Offa),
  • Chief Olatunji Emmanuel Adesoye (OON),
  • Bar. Ayo Opadokun (Gen. Secretário do NADECO),
  • Dr Tunji Olagunju,
  • Dr AWA Ibrahim,
  • Alhaji Kunle Ajeigbe,
  • Alhaji Leke Shitu,
  • Justiça Adegbite,
  • Chief Ayo Raji,
  • Dr Ismaila Bello.

Offa foi fundada por volta de 1000 dC por Yorubas. O Offatedo do estado de Osun, Iyana Offa no estado de Oyo, Offa em Costa do Marfim, todos emanados de Offa. Atualmente, o trono de Olofa está na disputa. Os chefes importantes condecorados de Offa incluem Esa, Ojomu, Sawo, Ola e Balogun. O nome louvor a Offa é "Ijakadi Loro Offa", uma frase Yoruba que significa "luta é o nosso jogo". O mascote da cidade é o pássaro pavão, que é uma das espécies de aves exóticas mais importantes da região e também porque a cidade é um lugar bonito.

A '"Offa Grammar School"[4] é a primeira escola de gramática da comunidade no norte da Nigéria.

Offa tornou-se mais recentemente conhecida na Nigéria pelo Adesoye College[5], que é uma das mais proeminentes escolas privadas na Nigéria. O proprietário da escola, Chefe Adesoye é também o fundador da Okin Biscuits. As duas instituições trouxeram a ele e Offa renome em toda a Nigéria.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Barber, Karin: I Could Speak Until Tomorrow, Londres 1991.
  • Olafimihan, James Bukoye: Iwe Itan Offa (O Livro da História de Offa).

Referências