Oliver Hirschbiegel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde Dezembro de 2008). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Oliver Hirschbiegel
Nascimento 29 de dezembro de 1957 (60 anos)
Hamburgo
Cidadania Alemanha
Ocupação diretor de cinema

Oliver Hirschbiegel (Hamburgo, 29 de dezembro de 1957) é um diretor de cinema alemão.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Tanto seu primeiro longa-metragem Das Experiment ("O Experimento") como Mein letzter receberam a aprovação da crítica.

Em 2004 estreou o filme Der Untergang ("A Queda"), produzido por Bernd Eichinger, sobre os últimos dias de Adolf Hitler, na qual representou o primeiro projeto sobre este tema desenvolvido por um cineasta de origem alemã. O filme causou controvérsia na Alemanha pela forma como os líderes nazistas são apresentados e, por outro lado, ganhou um grande número de prêmios e reconhecimentos, incluindo a nomeação de melhor filme estrangeiro no Oscar.

O próximo filme de Hirschbiegel foi a quarta adaptação do romance The Body Eaters Are Coming intitulado Invasion. O lançamento na Alemanha foi em 18 de outubro de 2007. Em contraste com os projetos anteriores de Hirschbiegel, este filme não foi produzido na Alemanha, mas no Estados Unidos. O filme permaneceu nas bilheterias muito abaixo das expectativas e foi avaliado pela crítica principalmente de forma negativa. Oliver Hirschbiegel foi substituído durante a produção como diretor. Os irmãos Wachowski e James McTeigue posteriormente participaram da revisão do filme, sem serem citados nos créditos.[1][2]


En 2007 estreou um filme que levava o título de The Invasion, protagonizado por Nicole Kidman e Daniel Craig.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Berliner Zeitung Nummer 242 vom Mittwoch, 17. Oktober 2007.
  2. Besprechung von Peter Zander in Die Welt, 17. Oktober 2007.