Operação Terra Queimada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Operação Terra Queimada
Parte da(o) Rebelião Houthi no Iêmen
Houthi map.png
Área de influência aproximada dos rebeldes Houthi
Data 11 de Agosto de 2009 – 12 de Fevereiro de 2010
Local Província de Sa'dah, Iêmen e Jabal al-Dukhan, Arábia Saudita
Desfecho Indeciso; cessar-fogo depois que os rebeldes aceitaram as condições de trégua do governo.
Combatentes
 Iêmen[1]

tribos sunitas[2]
 Arábia Saudita

Alegado:
 Jordânia[3]
 Marrocos[4]
 Paquistão [5]
 Estados Unidos[6]
Flag of Jihad.svg al-Qaeda[7][8]

Houthis

Alegado:
Irã (Força Quds)
Hezbollah[9]

Líderes e comandantes
Flag of Yemen.svg Ali Abdullah Saleh

Iémen Ali Mohammed Mujur
Flag of Yemen.svg Ali Mohsen al-Ahmar[1]
Flag of Yemen.svg Amr Ali Mousa Al-Uuzali  
Flag of Yemen.svg Ali Salem al-Ameri  
Flag of Yemen.svg Ahmed Bawazeir  
Flag of Saudi Arabia.svg Abdullah bin Abdul Aziz Al Saud
Flag of Saudi Arabia.svg Khalid bin Sultan
Flag of Saudi Arabia.svg Saleh Al-Muhaya

Abdul-Malik al-Houthi

Yahya Badreddin al-Houthi
Yousuf al-Madani  
Taha al-Madani[10]
Abu Ali Hakem[10]
Abdullah al-Qa'ud[10]
Abu Nasir[10]
Nasir Muhammad al-Sayfi[10]
Abd al-Muhsin al-Nimri[10]
Shaykh al-A'sir al-Ka'bi[10]
Mohammad Abd al-Salam

Operação Terra Queimada ou Operação Terra Arrasada[11] (em árabe: عملية الأرض المحروقة) foi o codinome de uma ofensiva militar iemenita na província de Sa'dah, no norte do Iêmen, iniciada em agosto de 2009, como parte de uma revolta dos xiitas zaiditas Houthis contra o governo.[12] Em novembro de 2009, os combates avançaram sobre a fronteira para a vizinha Arábia Saudita, resultando em uma incursão militar saudita no próprio Iêmen, a primeira operação militar realizada pela Arábia Saudita desde 1991.[13][14] As tropas sauditas rechaçaram os rebeldes que se infiltraram e continuaram perseguindo-os dentro do território do Iêmen.

Referências

  1. a b Novak, Jane (21 de março de 2007). «Yemen's Internal Shia Jihad». Global Politician 
  2. «Government reinforces army to eradicate Houthis»  - Yemen Times
  3. «Jordanian commandos join war on Houthi fighters». Press TV. 21 de Novembro de 2009 
  4. Canales, Pedro (3 de dezembro de 2009). «Marruecos y Jordania envían tropas de élite para ayudar a los saudíes en Yemen». El Imparcial (em espanhol) 
  5. Press TV Pakistan joins war against Houthis in Yemen: Report Arquivado em 27 de dezembro de 2015, no Wayback Machine., 27 de janeiro de 2009
  6. «'US fighter jets attack Yemeni fighters'». Consultado em 26 de dezembro de 2015. Arquivado do original em 23 de julho de 2011 
  7. «Saudi, al-Qaeda support Yemen crackdown on Shias». Press TV. 29 de agosto de 2009 
  8. «Yemen employs al-Qaeda mercenaries: Houthis». Press TV. 28 de outubro de 2009 
  9. Guitta, Olivier (11 de Novembro de 2009). «Iran and Saudi Arabia drawn to Yemen». Asia Times Online 
  10. a b c d e f g Barak A. Salmoni, Bryce Loidolt, Madeleine Wells (2000). Regime and Periphery in Northern Yemen: The Huthi Phenomenon. [S.l.]: Rand Corporation. 410 páginas 
  11. «Infeliz Iêmen». Outras Palavras. 30 de março de 2010 
  12. Juliane von Mittelstaedt. «'Operation Scorched Earth': A US Hand in Yemen's Civil War». SPIEGEL 
  13. «Analysis: What is behind Saudi offensive in Yemen». Global Post. 14 de Novembro de 2009 
  14. «A última guerra árabe: Arábia Saudita bombardeia rebeldes xiitas do Iêmen»  - UOL