Operação Terra Queimada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Wiki letter w.svg
Este artigo é órfão, pois não contém artigos que apontem para ele.
Por favor, ajude criando ligações ou artigos relacionados a este tema.


Operação Terra Queimada
Parte da(o) Rebelião Houthi no Iêmen
Houthi map.png
Área de influência aproximada dos rebeldes Houthi
Data 11 de Agosto de 2009 – 12 de Fevereiro de 2010
Local Província de Sa'dah, Iêmen e Jabal al-Dukhan, Arábia Saudita
Desfecho Indeciso; cessar-fogo depois que os rebeldes aceitaram as condições de trégua do governo.
Combatentes
 Iêmen[1]

tribos sunitas[2]
 Arábia Saudita

Alegado:
 Jordânia[3]
 Marrocos[4]
 Paquistão [5]
 Estados Unidos[6]
Flag of Jihad.svg al-Qaeda[7][8]

Houthis

Alegado:
Irã (Força Quds)
Hezbollah[9]

Principais líderes
Flag of Yemen.svg Ali Abdullah Saleh

Iémen Ali Mohammed Mujur
Flag of Yemen.svg Ali Mohsen al-Ahmar[1]
Flag of Yemen.svg Amr Ali Mousa Al-Uuzali  
Flag of Yemen.svg Ali Salem al-Ameri  
Flag of Yemen.svg Ahmed Bawazeir  
Flag of Saudi Arabia.svg Abdullah bin Abdul Aziz Al Saud
Flag of Saudi Arabia.svg Khalid bin Sultan
Flag of Saudi Arabia.svg Saleh Al-Muhaya

Abdul-Malik al-Houthi

Yahya Badreddin al-Houthi
Yousuf al-Madani  
Taha al-Madani[10]
Abu Ali Hakem[10]
Abdullah al-Qa'ud[10]
Abu Nasir[10]
Nasir Muhammad al-Sayfi[10]
Abd al-Muhsin al-Nimri[10]
Shaykh al-A'sir al-Ka'bi[10]
Mohammad Abd al-Salam

Operação Terra Queimada (em árabe: عملية الأرض المحروقة) foi o codinome de uma ofensiva militar iemenita na província de Sa'dah, no norte do Iêmen, iniciada em agosto de 2009, como parte de uma revolta dos xiitas zaiditas Houthis contra o governo.[11] Em novembro de 2009, os combates avançaram sobre a fronteira para a vizinha Arábia Saudita, resultando em uma incursão militar saudita no próprio Iêmen, a primeira operação militar realizada pela Arábia Saudita desde 1991.[12][13] As tropas sauditas rechaçaram os rebeldes que se infiltraram e continuaram perseguindo-os dentro do território do Iêmen.

Referências

  1. a b Novak, Jane (21 March 2007). «Yemen's Internal Shia Jihad». Global Politician  Verifique data em: |data= (ajuda)
  2. «Government reinforces army to eradicate Houthis»  - Yemen Times
  3. «Jordanian commandos join war on Houthi fighters». Press TV. 21 November 2009  Verifique data em: |data= (ajuda)
  4. Canales, Pedro (3 December 2009). «Marruecos y Jordania envían tropas de élite para ayudar a los saudíes en Yemen». El Imparcial (em espanhol)  Verifique data em: |data= (ajuda)
  5. Press TV Pakistan joins war against Houthis in Yemen: Report, 27 January 2009
  6. 'US fighter jets attack Yemeni fighters'
  7. «Saudi, al-Qaeda support Yemen crackdown on Shias». Press TV. 29 August 2009  Verifique data em: |data= (ajuda)
  8. «Yemen employs al-Qaeda mercenaries: Houthis». Press TV. 28 October 2009  Verifique data em: |data= (ajuda)
  9. Guitta, Olivier (11 November 2009). «Iran and Saudi Arabia drawn to Yemen». Asia Times Online  Verifique data em: |data= (ajuda)
  10. a b c d e f g Barak A. Salmoni, Bryce Loidolt, Madeleine Wells (2000). Regime and Periphery in Northern Yemen: The Huthi Phenomenon. [S.l.]: Rand Corporation. 410 páginas 
  11. Juliane von Mittelstaedt. «'Operation Scorched Earth': A US Hand in Yemen's Civil War». SPIEGEL 
  12. «Analysis: What is behind Saudi offensive in Yemen». Global Post. 14 November 2009  Verifique data em: |data= (ajuda)
  13. «A última guerra árabe: Arábia Saudita bombardeia rebeldes xiitas do Iêmen»  - UOL