Orchestre Révolutionnaire et Romantique

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Orchestre Révolutionnaire et Romantique
Informação geral
Gênero(s) Classicismo e romantismo
Período em atividade Desde 1990
Integrantes Regente
John Eliot Gardiner
Página oficial www.monteverdi.co.uk

A Orchestre Révolutionnaire et Romantique ("Orquestra Revolucionária e Romântica", em francês) é uma orquestra fundada em 1990 por John Eliot Gardiner, dedicada à execução de música dos períodos clássico e romântico, utilizando-se dos princípios e instrumentos das performances de época. A orquestra já gravou sinfonias, óperas, concertos de diversos compositores, como Beethoven, Berlioz, Brahms, Gluck, Mendelssohn, Schumann, Verdi e Weber.[1][2] A orquestra, juntamente com o Coro Monteverdi (também fundado por Gardiner) realizou em 1993 uma gravação para rádio e televisão da Messe solenelle, de Berlioz, na Catedral de Westminster, em Londres.[3][4] A orquestra também interpretou a música tocada durante uma dramatização feita pela BBC da composição, por Beethoven, de sua terceira sinfonia.[5]

Referências

  1. «Monteverdi Productions website». Consultado em 17 de maio de 2007 
  2. «Orchestre Revolutionnaire et Romantique». Consultado em 17 de maio de 2007 
  3. «Berlioz: Messe solennelle». Consultado em 17 de maio de 2007 
  4. «Berlioz's Messe Solennelle – the discovery of a 'burnt' composition». Consultado em 17 de maio de 2007 
  5. «Ian Hart is Beethoven in unique drama of the first performance of the Eroica Symphony» 🔗. BBC. 15 de maio de 2003. Consultado em 17 de maio de 2007 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]