Orgânico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Orgânico é um termo genérico para processos ligados à vida, ou para substâncias originadas desses processos. Também pode estar associado a organismos, órgãos de um ser vivo, ou organizações complexas fora do campo da biologia, onde associações de pessoas, regras, leis ou até elementos arquitecturais atuam e interagem entre si como os componentes de um organismo, sendo os processos ligados a esses casos também ocasionalmente chamados "orgânicos".

Na química[editar | editar código-fonte]

Na química, "orgânico" é o composto à base de carbono. Contudo, nem todo composto que contém carbono é orgânico: por exemplo, o dióxido de carbono e o ácido carbônico contêm carbono e não são considerados orgânicos. Porém todos os compostos orgânicos contêm carbono.

Na agricultura[editar | editar código-fonte]

Na agricultura, "orgânicos" são os alimentos produzidos com o auxílio de fertilizantes do próprio assentamento, sem pesticida (orgânico ou sintético)[1][2] e livres de substâncias sintéticas.[3]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Cartilha Orgânicos da ANVISA Um alimento orgânico é competitivo , saboroso e mais saudável que o convencional. | Alimentação e Saúde». alimentacaoesaude.org. Consultado em 5 de novembro de 2015  line feed character character in |título= at position 29 (ajuda)
  2. «Como controlar pragas e doenças no cultivo orgânico? | Portal Orgânico». www.portalorganico.com.br. Consultado em 5 de novembro de 2015 
  3. «Por que consumir alimentos orgânicos - Jardim de Flores». www.jardimdeflores.com.br. Consultado em 5 de novembro de 2015