Orquestra Sinfônica dos Meninos de São Caetano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Orquestra criada e regida pelo músico e maestro Mozart Vieira, composta por crianças que trabalhavam no campo, no município de São Ceaetano, agreste de Pernambuco, Brasil.

Adquiriu notoriedade nacional, aparecendo em programas regionais e mesmo no Fantástico, da Rede Globo. Essa fama adquiriu uma dimensão tão grande que acabou provocando a inveja e o ódio da elite local. Erinaldo, um menino de 13 anos, é sequestrado e maltratado com o único propósito de denunciar o maestro por abuso e pedofilia. Com a intervenção de vários artistas e de Dom Hélder Câmara, o músico acaba sendo inocentado de todas as acusações formuladas contra ele.

Sua iniciativa foi reconhecida no mundo todo e, com o auxílio de países como a Bélgica e França, Mozart conseguiu erguer uma fundação onde, até hoje, cerca de 200 crianças e jovens aprendem a arte da música.

A história deu origem ao filme "Orquestra dos meninos", de Paulo Tiago, em 2008, com Murilo Rosa, Priscila Fantin e Othon Bastos nos papéis principais.[1] [2][3]

Referências[editar | editar código-fonte]