Oxibeles

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Oxybeles

O Oxibeles (grego antigo Οξυβόλος, literalmente atirador de dardos) foi uma arma usada pelos antigos gregos pela primeira vez em 375 a.C. e que se especula haver sido utilizada pelos exércitos de Alexandre Magno.

Consiste numa evolução do arco composto que, tendo seu tamanho e peso aumentados, não mais podia ser manejado por um só arqueiro.

Uso e forma[editar | editar código-fonte]

Era usado por procedimento mecânico que consistia em retesar a corda mediante alavancas. Consistia basicamente num gastafretes (espécie de balista) descomunal, um arco composto colocado sobre um trípode e com um cabestrante em que este se ajustava para o movimento de retrocesso. Os materiais usados para sua fabricação eram a madeira, cordas e chifres.

Potência[editar | editar código-fonte]

Seu alcance era maior que o do gastrafetes e o fato de ser fixo a um trípode dotou esta arma de maior precisão de tiro do que aquele.

Não foram desenvolvidas versões aperfeiçoadas, devido à limitação própria dos materiais usados. O aperfeiçoamento do oxibeles, a balista, pressupôs uma evolução tecnológica: a torsão das cordas como de energia potencial elástica.

Referencias[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.