Panfile

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Pamphile)
Ir para: navegação, pesquisa
Objetos de tecelagem da Pré História

Panfile (em grego: Παμφίλη), segundo Aristóteles, foi a mulher que inventou a seda, tecendo-a a partir do casulo de um inseto que, em seis meses, passava pelos estágios de uma larva com chifres, casulo e a forma necydalus. Ela era filha de Plateu, e natural da ilha de Cós.[1]

Plínio, o Velho, repete a história de Aristóteles, mas acrescenta alguns detalhes de invenção própria.[2] Segundo Plínio, o inseto era natural da Assíria, e quem descobriu como tecer a seda era Panfile, filha de Latoos.[3]

O nome de Pamphile sugere um personagem da era heroica da Grécia, pela semelhança com Ônfale e Erífila, mas não aparece em nenhum outro texto. O nome de seu pai também lembra Proteu, Perseu e Teseu. Possivelmente, a lenda se origina do passado imemorial da Grécia, e a fabricação da seda no Ocidente poderia datar desta época, sendo independente de contato com o Oriente.[2]

Referências

  1. Aristóteles, História dos Animais, Livro V, 19.1 [em linha]
  2. a b William T. M. Forbes, The Silkworm of Aristotle, in Classical Philology, Vol. 25, No. 1 (1 Jan. 1930), pp.22-26 [em linha]
  3. Plínio, o Velho, História Natural, Livro XI, Capítulo XXIII, Sobre o bicho da seda de Cós {{en}} {{la}}