Panax

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaPanax
Ginsengpflanze.jpg

Classificação científica
Reino: Plantae
Clado: angiospérmicas
Clado: eudicotiledóneas
Ordem: Apiales
Família: Araliaceae
Género: Panax

Panax é um gênero de plantas da família Araliaceae[1][2] cujas espécies são popularmente chamadas de ginseng ou jinsém.

Espécies[editar | editar código-fonte]

Uso medicinal[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Ginseng

Os extratos de ginseng que são obtidos das raízes são considerados tônico e nutriente, a medicina popular o cita como remédio para feridas e inchaços.[3]

As espécies de Panax - únicas a conterem ginsenosídeos - estão sob pesquisa básica e clínica para investigar potenciais uso na medicina.[4] As espécies também contém fitoestrógenos.[5][6][7]

[3]

Referências

  1. «{{subst:PAGENAME}}» (em inglês). The Plant List. 2010. Consultado em 18 de outubro de 2014 
  2. Missouri Botanical Garden (2014). Tropico, ed. «{{subst:PAGENAME}}» (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2014 
  3. a b NATALIA MICHALUN; M. VARINIA MICHALUN; MAURO SILVA. Dicionário de Ingredientes Para Cosmética. Senac. pp. 180–. ISBN 978-85-7359-982-4.
  4. Qi LW, Wang CZ, Yuan CS (junho de 2011). «Ginsenosides from American ginseng: chemical and pharmacological diversity». Phytochemistry. 72 (8). pp. 689–99. PMC 3103855Acessível livremente. PMID 21396670. doi:10.1016/j.phytochem.2011.02.012 
  5. Lee YJ, Jin YR, Lim WC; et al. (janeiro de 2003). «Ginsenoside-Rb1 acts as a weak phytoestrogen in MCF-7 human breast cancer cells». Arch. Pharm. Res. 26 (1): 58–63. PMID 12568360. doi:10.1007/BF03179933 
  6. Chan RY, Chen WF, Dong A, Guo D, Wong MS (agosto de 2002). «Estrogen-like activity of ginsenoside Rg1 derived from Panax notoginseng». J. Clin. Endocrinol. Metab. 87 (8): 3691–5. PMID 12161497. doi:10.1210/jc.87.8.3691 
  7. Lee Y, Jin Y, Lim W; et al. (março de 2003). «A ginsenoside-Rh1, a component of ginseng saponin, activates estrogen receptor in human breast carcinoma MCF-7 cells». J. Steroid Biochem. Mol. Biol. 84 (4): 463–8. PMID 12732291. doi:10.1016/S0960-0760(03)00067-0