Pardal-de-nuca-preta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaPardal-de-nuca-preta
Um macho adulto da subespécie ammodendri no Cazaquistão
Um macho adulto da subespécie ammodendri no Cazaquistão
Estado de conservação
Espécie pouco preocupante
Pouco preocupante (IUCN 3.1) [1]
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Passeriformes
Família: Passeridae
Género: Passer
Espécie: P. ammodendri
Nome binomial
Passer ammodendri
Gould, 1872
Distribuição geográfica
Distribuição aproximada do pardal-de-nuca-preta
Distribuição aproximada do pardal-de-nuca-preta
Sinónimos
Passer ammodendri Severtzov, 1873
Passer stolickzae Hume, 1874
Passer timidus Sharpe, 1888
Ammopasser ammodendri (Severtzov, 1873) Zarudny, 1890

O pardal-de-nuca-preta (Passer ammodendri)[2] é uma ave passeriformes da família Passeridae, encontrados em certas zonas da Ásia Central. Está entre os maiores pardais com 14–16 centímetros (5.5–6.3 in) e 25–32 gramas (0.88–1.13 oz). Ambos os sexos tem uma plumagem que vai desde o cinzento fosco ao castanho arenoso, com patas castanhas pálidas. As fêmeas têm menos cor na plumagem e no bico, sem o padrão de riscas pretas que os machos têm na cabeça. As marcas na cabeça em ambos os sexos faz do pardal-de-nuca-preta distintivo, difícil de ser confundido com outro pássaro. As vocalizações incluem um chilrear de chamamento suave e musical, uma música, e uma chamada de voo.

Estão reconhecidas três subespécies, diferenciando-se no tom da plumagem e nas riscas na cabeça da fêmea. A subespécie ammodendri ocorre a oeste do alcance do pardal-de-nuca-preta, enquanto que a stoliczkae e a nigricans encontram-se a este. Esta distribuição cai em seis áreas provavelmente disjuntas na Ásia central, desde o Turquemenistão central até ao norte da região de Gansu, na China. Uma ave de desertos, o pardal-de-nuca-preta favorece áreas com arbustos como o saxaul, perto de rios e oásis. Embora tenha perdido partes do seu território devido à destruição do habitat causada pela agricultura, não está seriamente ameaçado pelas actividades humanas.

Pouco é conhecido do comportamento do pardal. Muitas vezes escondido na folhagem, forrageia nas árvores e no chão. Alimenta-se principalmente de sementes, assim como de insectos quando tem crias ou se está a reproduzir. Quando não está em reprodução forma bandos errantes, mas é menos social que outros pardais enquanto reproduz, fazendo ninho muitas vezes isolado. Os ninhos são redondos de material vegetal seco forrado com material macio, como penas. São construídos em buracos em cavidades de árvores, bancos de terra, encostas rochosas, e dentro de estruturas feitas pelo homem, ou nos ninhos de aves de rapina. Normalmente numa única temporada, são criadas duas ninhadas de cinco a seis ovos. Ambos os pais constroem o ninho e cuidam dos seus ovos e das crias.

Referências

  1. «'Passer ammodendri'». Lista Vermelha da IUCN de espécies ameaçadas da UICN 2020 (em inglês). ISSN 2307-8235. Consultado em 31 de março de 2015 
  2. «Pardal-de-nuca-preta (Passer ammodendri Gould, 1872)». AviBase. Consultado em 30 de março de 2015 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Passer ammodendri
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Pardal-de-nuca-preta