Parque Nacional de Ile-Alatau

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O Parque Nacional de Ile-Alatau é uma área protegida no Cazaquistão. Este parque nacional foi criado em 1996 e cobre uma área de cerca de 200 mil hectares. Encontra-se situado nas montanhas a sul de Almaty, entre Gorge Turgen a leste e o rio Chemlogan a oeste. Parte da fronteira do parque está em contacto com a fronteira de uma outra área protegida, a Reserva Natural de Almaty, localizada em Pik Talgar.[1] O parque está localizado numa altitude entre os 600 e os 5000 metros acima do nível do mar.[2]

Topografia e paisagem[editar | editar código-fonte]

A paisagem inclui florestas, prados alpinos, glaciares e lagos, incluindo o Grande Lago Almaty. Existem vários tipos de árvores nesta área, incluindo o abricó, o bordo, e a macieira. Um total de 300 espécies de pássaros e animais já foram registados a partir do Parque Nacional de Ile-Alatau.[3]

Vegetação e animais[editar | editar código-fonte]

A vegetação no parque nacional inclui mais de 1200 espécies, e sua diversidade reflecte todo o Tien Shan do norte. As zonas alpinas e sub-alpinas (entre os 2400 e os 3400 metros) caracterizam-se por prados pitorescos com capim heterogéneo, por vezes cruzados com charnecas alpinas e pântanos musgosos. A vida selvagem do parque é rica e diversificada, com mais de 1500 espécies de invertebrados e 213 espécies de vertebrados, incluindo 47 espécies de mamíferos, 148 espécies de aves, 8 espécies de répteis, 2 espécies de anfíbios e 8 espécies de peixes.[2]

O parque é a casa de leopardos de neve, do lince central de Ásia, dos ursos pardos de Tian Shan, das cabras da Sibéria, dos abutres barbudos e das águias douradas. Outras espécies de pássaros notáveis encontradas no Parque Nacional de Ile-Alatau incluem o Tetraogallus do Himalaia, a coruja euro-asiática e o pica-pau de três dedos eurasiático.[4][2][5] O parque também protege espécies específicas de veados cujos chifres acredita-se que tenham propriedades medicinais.[6]

Referências

  1. «Ile-Alatau National Park». almaty-kazakhstan.net. Consultado em 15 de fevereiro de 2014. 
  2. a b c «Ile-Alatau national park». trekkingclub.kz. Consultado em 15 de fevereiro de 2014. 
  3. «Ile-Alatau National Park». Weekenborg Solutions. Consultado em 9 de julho de 2013. 
  4. «Species With Materials Recorded in Ile Alatau National Park». Consultado em 9 de julho de 2013. 
  5. «Tour Kazakhstan - Hidden Zhetysu Wonderland». bioexploration.org. Consultado em 15 de fevereiro de 2014. 
  6. Himes, Katherine (30 de junho de 2015). «Science and Culture Collide: Living and Working as a Science Diplomat in Central Asia». Science and Diplomacy. Various special types of deer are protected for the specific purpose of harvesting blood from the horn. This blood is then used to create a traditional tincture, purported to cure many ailments—anemia, virility issues, and immune deficiency problems.