Paz de Basileia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Mapa mostrando a Europa Central depois da Paz de Basiléia.

Dá-se o nome de Paz de Basileia ao conjunto de três tratados de paz celebrados pela França em 1795 com a Prússia (abril), a Espanha (julho) e Hessen-Kassel (agosto). Os acordos representam o fim das guerras revolucionárias francesas contra a Primeira Coalizão.[1]

O resultado principal da Paz foi a reemergência da França como potência europeia. A Prússia foi obrigada a ceder-lhe seus territórios na margem esquerda do Reno e a Espanha, o terço oeste da ilha de Hispaníola (futuro Haiti, restando a futura República Dominicana).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Jorio, Marco (2002). «Basel, Frieden von (1795)» (em alemão) Historisches Lexikon der Schweiz (HLS), Version vom 01.05.2002 ed. Consultado em 6 de julho de 2022