Pelourinho de Arouca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pelourinho de Arouca
Arouca's finest (5582546173).jpg
Apresentação
Tipo
Pelourinho (en), património culturalVisualizar e editar dados no Wikidata
Estatuto patrimonial
Localização
Endereço
Coordenadas

O Pelourinho de Arouca localiza-se na Praça Brandão de Vasconcelos, fronteiro ao Mosteiro de Arouca, na freguesia de Arouca, vila e concelho de mesmo nome, Área Metropolitana do Porto, Região do Norte, situado no extremo nordeste do distrito de Aveiro, em Portugal. Encontra-se classificado como Imóvel de Interesse Público pelo Decreto nº 23.122, de 11 de outubro de 1933.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Este pelourinho foi desmontado e guardado no claustro do Mosteiro de Arouca em finais do século XIX.

Embora em 1942 a Direcção Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais tenha manifestado uma primeira intenção de reerguer o pelourinho, este trabalho foi apenas realizado em 1989, com aproveitamento dos fragmentos remanescentes que se encontravam em poder da Câmara Municipal.

Características[editar | editar código-fonte]

A análise de uma pintura representando o pelourinho, de autoria de Artur Guimarães em 1962, artista que terá recorrido a elementos então ainda existentes e que entretanto se perderam ou mutilaram, demonstra que o monumento original teria três escudetes no capitel, a espaços iguais, e pelo menos duas esferas armilares na base.

Atualmente é composto por um soco formado por três degraus de seção hexagonal com moldura superior, base circular, fuste liso e cilíndrico e capitel ornamentado por dois escudos reais e rematado por esfera armilar.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Pelourinho de Arouca». e-cultura. Consultado em 31 de julho de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]