Pelourinho de Turquel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pelourinho de Turquel
Pelourinho de Turquel
Tipo Pelourinho
Estilo dominante Gótico (Manuelino)
Inauguração Séc. XVI
Função inicial Pelourinho
Proprietário atual Estado Português
Tipo de remate Pinha
Material Calcário
Degraus 3 degraus circulares
Património Nacional
Classificação Logotipo Anta Vilarinho PT.png Imóvel de Interesse Público
Data 1933
DGPC 75038
SIPA 1785
Geografia
País Portugal Portugal
Localidade Turquel,
ACB1.png Alcobaça
Coordenadas 39° 27' 48.3" N 8° 58' 41.4" O
Geolocalização no mapa: Portugal Continental
Pelourinho de Turquel está localizado em: Portugal Continental
Pelourinho de Turquel

O Pelourinho de Turquel é um pelourinho manuelino, datado do séc. XVI, que está situado no centro da vila de Turquel.

Em 1874, havia sido levado para o Museu Arqueológico do Carmo, em Lisboa. Em 23 de Maio de 1950 foi solenemente reposto no local donde há quatro décadas havia sido retirado. Para o efeito se lhe construíram três degraus circulares, de rebordo saliente, visto não os possuir no seu anterior poiso. No dia 23 de Agosto de 1979, o pelourinho foi derrubado por um camião.

O monumento é composto por quatro partes: plinto, fuste, capitel, e remate. O fuste assenta no plinto formado por três degraus circulares e é dividido ao meio por um anelete que une as duas partes e é decorado nos extremos por bolas. A coluna (estilizada) é decorada com florões quadrifoliados. O remate assenta sobre um capitel quadricular com quatro florões que se desenvolvem das arestas verticais até cada meio de duas faces. O remate em forma de pinha, apresenta num das faces em alto relevo uma figura humana que Possidónio da Silva identificou como sendo a do Abade de Alcobaça. Contudo, segundo José Diogo Ribeiro (1850-1943), personalidade turquelense que publicou várias obras sobre a vila,[1] tratar-se-ia de Santa Bárbara, pois era assim denominada Nossa Senhora da Conceição pelos residentes de Turquel nos anos anteriores a 1920. [carece de fontes?]

Está classificado pelo IGESPAR como Imóvel de Interesse Público desde 1933.[2]

Referências

  1. «José Diogo Ribeiro». Turquel.com. Consultado em 14 de janeiro de 2019 
  2. Pelourinho de Turquel na base de dados Ulysses da Direção-Geral do Património Cultural

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Património de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.