Península de Seward

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde junho de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Península de Seward

A península de Seward (em inglês: Seward Peninsula) é uma grande península da costa ocidental do Alasca, com cerca de 320 km de comprimento por 145 a 225 km de largura, no mar de Bering, entre o Norton Sound, o estreito de Bering, o mar de Chukchi e o Kotzebue Sound, a norte do Círculo Polar Árctico.

A extremidade oeste da península é o cabo Príncipe de Gales, o ponto mais ocidental da América. Este cabo fica a apenas 84 km do cabo Dezhnev, o ponto continental da Sibéria mais a oriente.

A península deve o seu nome a William Henry Seward, que foi secretário de Estado e negociou a compra do Alasca ao Império Russo em 1867.

A península é escassamente habitada. A maior localidade é Nome, com 3505 habitantes.