Pensar É Preciso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pensar é preciso
Autor(es) Salvatore D'Onofrio
Idioma Português
Editora Editorama
Lançamento 2009
Páginas 434
ISBN 978-85-7885-036-4

Pensar é preciso é um livro de Salvatore D'Onofrio publicado em 2009 pela editora Editorama, em São Paulo e lançado no Rio Preto Automóvel Clube, com o patrocínio da Academia Riopretende de Letras e Cultura. O livro aborda temas filosóficos, religiosos, científicos e artísticos presentes na história da cultura ocidental.[1]. O livro apresenta fatos e acontecimentos em ordem cronológica, desde o mito greco-romano até à formulação da teoria da relatividade.[2]

Capítulo I: Herança greco-romana[editar | editar código-fonte]

Iniciando com uma citação de Fernando Pessoa (“O mito é o nada que é tudo” ), o primeiro capítulo destaca a importância dos mitos greco-romanos para a formação da civilização ocidental. Segue analisando Eros e as relações humanas, tendo no erotismo uma base de apoio. “O erotismo implica uma reivindicação do instante contra o tempo, do indivíduo contra a sociedade”, segundo Simone de Beauvoir. Outros mitos e tradições como os deuses Júpiter, Apolo e Dioniso, e também o personagem Édipo são tratados. Troia: Ilíada e Odisseia, Atenas: o berço da civilização ocidental, o pensamento reflexivo de Sócrates, Platão, Aristóteles e outros são tema deste capítulo


Referências

  1. «Saber é preciso...». Bom Dia. São José do Rio Preto. 14 de agosto de 2009. pp. D–7 
  2. Pereira, Ariana (8 de outubro de 2009). «Salvatore D'Onofrio lança hoje livro 'Pensar é preciso'». Diário Web. Consultado em 24 de fevereiro de 2011 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikisource
O Wikisource contém fontes primárias relacionadas com Pensar É Preciso