Piúra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Se procura o departamento de mesmo nome, veja Piúra (departamento).
Piura
Escudo ciudad de Piura.svgBandera de Piura.svg
Piura Plaza de Armas.jpg
Geografia
País
Flag of Peru.svg Peru
Região
Província
Capital de
Banhado por
Piura River (en)
Área
621,2 km2
Altitude
36 m
Coordenadas
Demografia
População
473 025 hab. ()
Densidade
761,5 hab./km2 ()
Funcionamento
Estatuto
Geminações
História
Fundação
Identificadores
Código postal
20001
Prefixo telefônico
73
Website

Piúra[1] (Piura) é uma cidade do norte do Peru, capital do departamento de Piúra e da província de Piúra. Tem cerca de 325 mil habitantes.

Foi aqui que o conquistador espanhol Francisco Pizarro fundou a terceira cidade espanhola na América do Sul, a primeira cidade no Peru. San Miguel de Piúra, em Julho de 1532. Piúra declarou sua independência em 4 de Janeiro de 1821.

História[editar | editar código-fonte]

Como a maioria do norte do Peru, o território de Piúra tem sido habitada por seu grupo autóctone de nativos que chamavam Talhanes e Jungas. Estes viveram sem uma organização ou um líder único para governar até a cultura Muchique finalmente tomou o controle, e a mistura destes evoluiu para a cultura Vicus. Séculos mais tarde, Piúra caiu sob o domínio de Tupac Inca Yupanqui durante pelo menos 40 anos, e antes da chegada dos espanhóis.

Com a chegada dos espanhóis, em 1532, as culturas atuais mestiças e crioulas de Piúra nasceram. Esta cultura mestiça inclui influências de Extremadura Espanhola e Andaluzia, influência Africano devido à chegada de escravos de Madagascar (escravos Malgache), os coolies chineses que migraram do Cantão para trabalhar os campos de arroz e substituir os escravos, e também ciganos Roma, que vieram como piratas à procura de pérolas ou incógnitos como cavaleiros espanhóis.

Oa espanhóis chamaram a cidade a partir da palavra Quechuan, pirhua, o que significa abundância. Hoje em dia, Piúra é conhecido como o "Ciudad del eterno calor" que significa "A cidade do calor eterno", porque é quente o ano todo.

Referências

  1. Paixão, Paulo (Verão de 2021). «Os Nomes Portugueses das Aves de Todo o Mundo» (PDF) 2.ª ed. A Folha — Boletim da língua portuguesa nas instituições europeias. ISSN 1830-7809. Consultado em 13 de janeiro de 2022 
Ícone de esboço Este artigo sobre geografia do Peru é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.