Pilates

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Pilatos.
Mulher praticando pilates com personal trainer no Ladder Barrel

Pilates é um método de controle muscular desenvolvido por Joseph Pilates na década de 1920.[1] A maioria dos exercícios é executada com a pessoa deitada.[1] É atualmente uma técnica reconhecida para tratamento e prevenção de problemas na coluna vertebral.[2]  Um Estúdio de Pilates é normalmente o local onde se pratica Pilates no chão (Mat Work) e em Grandes e Pequenos Aparelhos. O aparelho mais conhecido de todos é o Reformer. Eventualmente um estúdio completo de Pilates inclui aparelhos como o Cadillac, Wunda Chair, High "Electric" Chair, Spine Corrector, Ladder Barrel e Pedi-Pole.[3]

História do Pilates[editar | editar código-fonte]

Vamos recuar até 1880, ano de nascimento de Joseph Pilates. Joseph Pilates era um menino com bastantes problemas de saúde, afetado pela asma, febre reumática e raquitismo, tendo superado as suas limitações com a prática de ginástica, acrobacias e yoga. No entanto e muito pouco satisfeito com as metodologias de treino da época, desenvolveu um método físico universal. Foi este princípio que desenvolveu durante toda a sua vida. Joseph Pilates era Alemão, e em 1912 devido ao crescimento do nazismo, decidiu emigrar para Inglaterra. Durante o seu percurso por terras de sua Majestade, trabalhou como instrutor de defesa pessoal para os detetives da Scotland Yard e interessou-se por boxe. No entanto e durante a 1ª Guerra Mundial foi detido juntamente com outros cidadãos alemães e mantido num campo de refugiados. As condições de saúde nestes campos eram precárias, mas Pilates insistia que todos no seu Pavilhão participassem em rotinas diárias de exercícios para ajudar a manter o bem estar físico e mental. Alguns soldados alemães feridos, encontravam-se demasiado fracos para sair da cama, foi aí que Joseph Pilates se interessou pela reabilitação de vários problemas físicos, tirando as molas das camas e transferindo as mesmas para as cabeceiras e pés das camas transformando-as em “equipamentos” que criavam alguma resistência executando exercícios para quem estava acamado. São estas a percursoras dos equipamentos de Pilates como o Cadillac e o Reformer. Todo o trabalho e sucesso com este método, deu credibilidade aos seus princípios. 

Após a Guerra, Joseph Pilates regressou à Alemanha, tendo trabalhado e sendo reconhecido sobretudo pela comunidade de dança

Em 1926 decide emigrar para os Estados Unidos, abrindo um Estúdio em Nova York tendo trabalhado especialmente com jovens bailarinas de Ballet. O grande contacto com o Mundo do Ballet, deu-lhe uma grande popularidade dentro e fora dos Estados Unidos. Na década de 70, as celebridades conheceram o método, sendo que os media se interessaram pelo mesmo na década de 80. 

Hoje em dia, os benefícios e toda a estrutura do método de Pilates é mundialmente reconhecido, tanto na alta performance como na reabilitação, sendo desta forma um método bastante completo e polivalente.

Referências

  1. a b «Avaliação isocinética da musculatura envolvida na flexão e extensão do tronco: efeito do método Pilates®» (PDF). Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte. Scielo. 3 de novembro de 2004. Consultado em 3 de setembro de 2011. O método Pilates® desenvolvido por Joseph Pilates no início da década de 1920 tem como base um conceito denominado de contrologia. 
  2. «Pilates ajuda a fortalecer coluna, músculos da coxa e assoalho pélvico». Bem Estar. 14 de outubro de 2011. Consultado em 29 de outubro de 2011. O pilates [...] hoje é uma técnica reconhecida para prevenção e tratamento de problemas na coluna. 
Ícone de esboço Este artigo sobre ginástica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.