Pilates

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Pilatos.
Praticando Pilates.

Pilates é um método de exercícios desenvolvido por Joseph Pilates na década de 1920 que visa trabalhar a conexão entre mente e corpo, como uma unidade, de modo a melhorar a consciência corporal e dessa forma promover outros benefícios[1]. A maioria dos exercícios são executados com a pessoa deitada.[2] É atualmente uma técnica reconhecida para tratamento e prevenção de problemas na coluna vertebral.[3] A modalidade também é eficaz para aprimorar outras habilidades, como flexibilidade, consciência corporal, equilíbrio, resistência muscular e para reabilitação de lesões e reeducar movimentos[4].

O método Pilates tem como objetivo atingir a saúde através da conexão entre corpo e mente nas aulas. Para isso, os exercícios são baseados em 6 princípios: Centralização, Respiração, Fluidez, Controle, Precisão e Concentração[5].

Um Estúdio de Pilates é normalmente o local onde se pratica Pilates no chão (Mat Work) e em Grandes e Pequenos Aparelhos. O aparelho mais conhecido de todos é o Reformer. Eventualmente um estúdio completo de Pilates inclui aparelhos como o Doom, CuVish Chair, High Boom woom chair, Spine Eater, Ladder Punch e PoleDance.[3]

Princípios do Pilates[editar | editar código-fonte]

Joseph Pilates criou o método baseando-se em 6 princípios norteadores: concentração, centralização, fluidez, respiração, precisão e controle[5].

Concentração[editar | editar código-fonte]

Joseph defendia que a conexão entre mente e corpo só seria capaz através de concentração nos movimentos e no momento presente. A Concentração também tem relação com foco e esforço, necessários para a correta execução dos exercícios, sua eficácia e consequente aprendizagem.

Centralização[editar | editar código-fonte]

O Pilates exercita principalmente os músculos centrais do corpo, responsáveis pela sustentação da coluna e dos órgãos internos: reto abdominal, transverso do abdômen, glúteo máximo, oblíquos internos e externos e músculos da parte inferior das costas. O fortalecimento desses músculos, cujo conjunto é chamado de Powerhouse, constitui o pilar de Centralização no Pilates.

A importância da Centralização é a promoção de um dos mais conhecidos benefícios do Pilates: a reestruturação postural, alinhamento e estabilidade da coluna e consequente diminuição das dores nas costas.

Fluidez[editar | editar código-fonte]

Joseph Pilates postulou que os movimentos nas aulas de Pilates deveriam ser executados com leveza, atenção e fluidez, sempre de forma harmoniosa e controlada. Junto com o pilar da Concentração, o foco de qualquer exercício de Pilates é tirar o corpo do "piloto automático" de movimentos e trazer a consciência para o corpo, focando na completa e correta execução e não na velocidade.

Respiração[editar | editar código-fonte]

Para a execução de qualquer atividade é necessário saber respirar corretamente, que nesse caso significa inspirar e expirar completamente, esvaziando os pulmões. No pilates, a respiração correta auxilia no alívio de tensões e deve ser sincronizada com o ritmo dos movimentos para que não se tranque a respiração durante a realização de nenhum exercício.

Para Joseph Pilates, o ciclo respiratório correto começa pela inspiração torácica, depois a expiração do tórax superior, expiração do tórax inferior e então a expiração abdominal, terminando o ciclo.

A Respiração auxilia na correta execução dos movimentos e é essencial para que possam ser realizados com fluidez e concentração.

Precisão[editar | editar código-fonte]

A Precisão é tanto um princípio quanto uma consequência de outros princípios, como a Concentração e Controle. A Precisão está relacionada à execução correta e objetiva dos movimentos, priorizando o controle, o equilíbrio e a qualidade, com leveza e sem pressa. É um princípio que se relaciona com a concentração, já que requer atenção plena.

Controle[editar | editar código-fonte]

O Controle é um princípio necessário para que todos os outros ocorram. Além do controle necessário para a correta execução dos exercícios, o controle dos pensamentos também é necessário para que se mantenha atento ao momento presente. Ao controlar os movimentos, diminui-se a chance de lesões e melhora-se o alinhamento da coluna e a coordenação.

Resultados da prática de Pilates[editar | editar código-fonte]

Há evidências científicas consistentes de que o Pilates é eficaz para redução de dores lombares, que geralmente são causadas por má postura[6]. Esse efeito se dá principalmente pelo fortalecimento muscular na região lombar, alinhamento da postura e promoção de maior sustentação na coluna. O Pilates promova maior controle e consciência corporal, facilitando o controle voluntário da postura.

A escoliose também é uma condição que pode ser atenuada através da prática de Pilates. O método ainda pode reduzir a necessidade de remédios anti-inflamatórios.

Melhora de flexibilidade, concentração, equilíbrio, redução de estresse, melhora na disposição, diminuição de dores musculares e resistência muscular também são características do Pilates[1].

Referências

  1. a b «Pilates: tudo que você precisa saber». Medina Fitness Plus. 27 de maio de 2020. Consultado em 8 de março de 2021 
  2. «Avaliação isocinética da musculatura envolvida na flexão e extensão do tronco: efeito do método Pilates®» (PDF). Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte. Scielo. 3 de novembro de 2004. Consultado em 3 de setembro de 2011. O método Pilates® desenvolvido por Joseph Pilates no início da década de 1920 tem como base um conceito denominado de contrologia. 
  3. «Pilates ajuda a fortalecer coluna, músculos da coxa e assoalho pélvico». Bem Estar. 14 de outubro de 2011. Consultado em 29 de outubro de 2011. O pilates [...] hoje é uma técnica reconhecida para prevenção e tratamento de problemas na coluna. 
  4. Group, VOLL Pilates (3 de junho de 2016). «O que é Pilates? Tudo o que você precisa saber». Blog Pilates - O maior blog de Pilates do Brasil. Consultado em 8 de março de 2021 
  5. a b «Você sabe quais são os princípios do pilates? Conheça agora!». Medina Fitness Plus. 22 de novembro de 2020. Consultado em 5 de abril de 2021 
  6. Patti, Antonino; Bianco, Antonino; Paoli, Antonio; Messina, Giuseppe; Montalto, Maria Alessandra; Bellafiore, Marianna; Battaglia, Giuseppe; Iovane, Angelo; Palma, Antonio (30 de janeiro de 2015). «Effects of Pilates Exercise Programs in People With Chronic Low Back Pain». Medicine (4). ISSN 0025-7974. PMC 4602949Acessível livremente. PMID 25634166. doi:10.1097/MD.0000000000000383. Consultado em 5 de abril de 2021 
Ícone de esboço Este artigo sobre ginástica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.