Plantígrado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Em animais terrestres, a locomoção plantígrada (L. Planta, sola + gradior, ando) significa andar com os dedos dos pés e os metatarsos planos no chão.[1] É uma das três formas de locomoção adotadas pelos mamíferos terrestres. As outras opções são digitígrados (andar na ponta dos pés com o calcanhar e punho permanentemente levantados) e ungulados (andar na unha ou unhas dos dedos (casco) com o calcanhar/punho e os dedos permanentemente levantados). A perna de um mamífero plantígrado inclui os ossos da parte superior da perna (fêmur/úmero) e parte inferior da perna (tíbia e fíbula/rádio e ulna). A perna de um mamífero digitígrado também inclui os metatarsos/metacarpos, os ossos que no ser humano compõem o arco do pé e a palma da mão. A perna de um mamífero ungulígrado também inclui as falanges e os ossos dos dedos das mãos e dos pés.

Entre os animais extintos, a maioria dos primeiros mamíferos, como os pantodontes, eram plantígrados. Um pé plantígrado é a condição primitiva dos mamíferos; a locomoção digitígrada e ungulígrada evoluiu posteriormente. Entre os arcossauros, os pterossauros eram parcialmente plantígrados, andando sobre todo o pé traseiro e os dedos da mão.

Lista de mamíferos plantígrados[editar | editar código-fonte]

As espécies de mamíferos plantígrados incluem (mas não estão limitados a):

Referências

  1. «foot | Description, Drawings, Bones, & Facts». Encyclopædia Britannica (em inglês). Consultado em 1 de setembro de 2020 
Ícone de esboço Este artigo sobre Biologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.