Ponto (música)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Ritmos pontuados são ritmos em que uma ou mais figuras possuem um ponto de aumentação.

Ponto de aumento[editar | editar código-fonte]

Exemplo de notas pontuadas com os três tipos de pontos de aumento.

O ponto de aumento é colocado à direita da figura e/ou pausa para aumentar metade de sua duração. E cada ponto adicional (se usado na mesma combinação da nota pontuada) adiciona metade do valor do ponto anterior. Por exemplo: se uma nota tem o valor de duração igual a dois tempos, um ponto a sua frente adiciona um tempo a mais à nota, dando um resultado de duração igual a três tempos. A nota pontuada equivale a uma nota ligada a outra nota de valor igual a metade dela.

O ponto de aumento pode ser:

  • Simples, quando há somente um ponto, o que soma ao valor original a metade de sua duração.
  • Duplo, quando há dois pontos consecutivos, o que soma ao valor original a metade e um quarto de sua duração.
  • Triplo, quando há três pontos consecutivos, o que soma ao valor original a metade, um quarto e um oitavo de sua duração.[1]

Ponto de diminuição[editar | editar código-fonte]

Exemplo de notas pontuadas com os três tipos de pontos de diminuição.

O ponto de diminuição, ou staccato, divide o valor de uma figura em som e silêncio, e é colocado sob ou sobre a nota.

O ponto de diminuição pode ser:

  • Simples (ou staccato simples) é representado por um sinal de ponto colocado sob ou sobre a nota e divide seu valor em duas metades, sendo que a primeira é de som e a segunda é de silêncio.
  • Seco ou alongado (ou staccato secco, staccatissimo, staccato grande ou staccato martelado) é representado por um sinal em forma de triângulo que aponta para a cabeça da nota e divide seu valor em quatro partes, sendo que o primeiro quarto é de som e os outros três quartos são de silêncio.
  • Ligado ou brando (ou staccato dolce, staccato misto, meio staccato) é representado por um sinal de ponto e um traço, sendo que o ponto fica mais próximo à cabeça da nota, e que divide o seu valor também em quatro partes, sendo que as três primeiras são de som e a última é de silêncio.

Diferentemente do ponto de aumento, não existe ponto de diminuição nas pausas.

Referências

  1. Gardner Read, Music Notation: A Manual of Modern Practice 2nd Edition. Boston: Allyn & Bacon, Inc. (1969): pg.114, Exemplos 8-11; pg.116, Exemplos 8-18; pg.117, Exemplos 8-20.(em inglês)
  • Med, Bohumil. Teoria da música. 4. ed. rev. e ampl. Brasília, DF : Musimed, 1996. 420 p. ISBN 8585886021
Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.