Praça do Município (Lisboa)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde novembro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Praça do Município
Freguesia(s): Santa Maria Maior
Antiga(s) freguesia(s): São Nicolau
Mártires
Lugar, Bairro: Baixa Pombalina
Ruas Afluentes: Rua do Arsenal, Largo de São Julião e Rua do Comércio
Homenageado(s): Município de Lisboa
Praca-do-município.JPG
Praça do Município em Lisboa. Ao fundo vê-se o edifício da Câmara Municipal de Lisboa e no Centro da Praça o pelourinho.
Toponímia de Lisboa
Vista do Tribunal da Relação de Lisboa, em inícios do século XX; oposto ao pelourinho, a norte dos Paços do Concelho, a Igreja de São Julião (Banco de Portugal).

A Praça do Município, Lisboa, Portugal, é localizada na freguesia de Santa Maria Maior (ex Mártires e São Nicolau); fica a oeste da Praça do Comércio, na Rua do Arsenal, na Baixa Pombalina. Foi em tempos chamada Praça de São Julião.[1]

Alberga o edifício dos Paços do Concelho, sede da Câmara Municipal de Lisboa. No seu centro localiza-se o Pelourinho de Lisboa. Entre 1897 e 1915, situava-se no seu canto noroeste a estação inferior do Elevador do Município.[1]

À varanda da Câmara Municipal de Lisboa, no dia 5 de outubro de 1910, foi proclamada a república perante milhares de pessoas nesta praça. Ainda hoje, as comemorações da Implantação da República lá se realizam.

Referências

  1. a b Paulo Ferrero (2008): “O Elevador de São JuliãoObservatório da Baixa 2008.04.23