Predefinição Discussão:Europa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Nao falta aqui o Chipre? --E-roxo 01:53, 23 Jul 2004 (UTC)

Não. A ilha de Chipre pertence à Ásia. As fronteiras da Europa, em grande medida convencionais (porque na realidade é um continente artificial, parte do continente euro-asiático), são: A Dorsal Média Atlântica, desviada um pouco para ocidente para incluir todos os Açores, a Islândia e a ilha de Jan Mayen, o Oceano Ártico, o Mar de Kara, os Montes Urais, o Rio Ural, o Mar Cáspio, o Cáucaso (em geral simplificado à fronteira russa), o mar Negro, o Bósforo, o Mar de Marmara, os Dardanelos, o mar Egeu (geralmente simplificado por forma a incluir todas as ilhas gregas, mas não as turcas), o Mediterrâneo, o estreito de Gibraltar e a zona onde a placa africana faz fronteira com a europeia. Chipre está a sul da Turquia, muito perto das costas libanesa e israelita, fora das fronteiras da Europa, portanto. --Jorge 14:11, 23 Jul 2004 (UTC)
Ok, ate faz sentido, mas nesta lista aparece o Chipre(!) --E-roxo 14:18, 23 Jul 2004 (UTC)
Já não. ;) --Jorge 14:47, 23 Jul 2004 (UTC)

Noruega sem regiões autónomas[editar código-fonte]

Penso que Svalbard não se deve considerar uma região autónoma, embora as coisas não funcionem exactamente como no "território principal". Longyearbyen tem um poder local semelhante às comunas no continente, mas não há nenhum poder legislativo. As leis são feitas pelo parlamento norueguês. Podemos remover Svalbard da lista?--Gamlevegen (discussão) 19h10min de 11 de Dezembro de 2008 (UTC)

Veja Europa. Pcjrm (discussão) 23h26min de 11 de Dezembro de 2008 (UTC)
Esse artigo não apresenta Svalbard como região autónoma (nem devia), só diz, e bem, que existe um tratado internacional sobre Svalbard. O tratado e a lei Noruguesa estabelecem inequivocamente Svalbard como parte do reino da Noruega, e as condições impostas não têm nada a ver com uma suposta autonomia. Mais tarde vou ver se os textos têm tradução e fornecer uns links, se for preciso. Portanto, podemos remover?--Gamlevegen (discussão) 15h16min de 16 de Dezembro de 2008 (UTC)
A Esvalbarda não é uma região autónoma, é um território reconhecido internacionalmente por tratado ou acordo internacional (neste caso originalmente entre a Austrália, o Canadá, a Dinamarca, a França, a Itália, o Japão, os Países Baixos, a Noruega, a Suécia, o Reino Unido e os Estados Unidos; hoje são 40). O tratado reconhece a total e absoluta soberania da Noruega sobre o território, no entanto estipula algumas garantias internacionais, não se aplicando a totalidade da lei norueguesa no território. É um caso semelhante a Macau e Hong Kong. Gameiroestá lá? 17h10min de 16 de Dezembro de 2008 (UTC)

Nome da predefinição[editar código-fonte]

O nome desta predefinição deveria ser Predefinição:Países da Europa que é parte deste conjunto de predefinições Predefinição:Países da América do Norte, como está sem interwiki, procurei por uma predefinição:Europa na en e não encontrei nenhuma. Vejam a versão na en como é essa predefinição, preciso saber se é para deixar como está ou devo acertá-la para deixar igual as outras do mesmo grupo. Agradeceria muito uma resposta breve. Jurema Oliveira (discussão) 01h46min de 26 de julho de 2009 (UTC)

Realmente, ficaria melhor Países da Europa. Pcjrm (discussão) 17h07min de 26 de julho de 2009 (UTC)
Mas gostaria de saber se deixo no formato que está ou faço as modificações para deixá-la igual as outras do grupo. Jurema Oliveira (discussão) 01h56min de 27 de julho de 2009 (UTC)
Eu acho que deve padronizar todas para ficar da mesma maneira, mas com o formato que a Predefinição:Europa tem, na minha opinião. Pcjrm (discussão) 16h47min de 27 de julho de 2009 (UTC)