Puerta de Alcalá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Puerta de Alcalá (Madrid) 02.jpg
ArsSummumPuertaAlcalaMadrid.JPG

A Porta de Alcalá é um monumento situado na Praça da Independência, na Rua de Alcalá, em Madrid, na Espanha. É constituído por duas portas rectangulares que ladeiam três arcos. Foi construído em 1778 pelo rei Carlos III para servir como porta de entrada da cidade. O projectista da obra foi Francisco Sabatini e as esculturas nela existentes são de autoria de Roberto Michel e Francisco Gutiérrez.

Na cultura popular[editar | editar código-fonte]

Em 1986 foi lançada a canção "La Puerta de Alcalá", interpretada pelos cantores espanhóis Ana Belén e Víctor Manuel, presente no álbum Para la ternura siempre hay tiempo, composta por Bernardo Fuster e Luis Mendo, integrantes do grupo madrileno Suburbano., e Miguel Angel Campos e Francisco Villar.

A canção tem seis estrofes, que conta de forma poética a historia do monumento. A primeira como introdução; a segunda como referências ao patrocinador do mesmo, o rei Carlos III; a terceira sobre a batalha de Madri; a quarta é uma alusão a ditadura franquista e as primeiras revoltas estudantis dos anos 60; a quinta a movida madrilenha e a sexta termina.

Em 2016, a cantora mexicana Anahí regravou a canção junto com o cantor espanhol David Bustamante, que está presente no álbum Inesperado.

Portal A Wikipédia possui o(s) portal(is):
Portal da Arte


Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.