Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de ROTAM)
Ir para: navegação, pesquisa
Policias militares da ROTAM

A Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas conhecida como ROTAM[1] são unidades operacionais das polícias militares que atuam em vários estados brasileiros, principalmente no estado de Goiás, foi criada por volta do ano de 1981.[2]

Histórico[editar | editar código-fonte]

A ROTAM foi feita pensada em resultados da ROTA (Ronda Ostensiva Tobias Aguiar) do estado de São Paulo, para fazer abordagens mais rápidas e para casos mais graves de segurança, como roubo de bancos e veículos, criada no ano de 1981 por causa que os números de roubos de bancos estavam aumentando, e com isto que foi criada um novo batalhão da polícia militar para fazer a força tática e abordagens com viaturas.[3]

Estados atuantes[editar | editar código-fonte]

Minas Gerais[editar | editar código-fonte]

É uma força especial pronta para atuar em qualquer parte de Minas Gerais mediante acionamento do Comando-Geral da PMMG ou do Comando de Policiamento Especializado (CPE). De ágil deslocamento, esta força atua diuturnamente recobrindo as unidades de área (Batalhões) e atuando principalmente no combate à criminalidade violenta e ao tráfico de drogas.[4] Como o seu deslocamento de grande agilidade, atua também na missão de controlar distúrbios civis, retomada de pontos críticos, locais de homizio de criminosos de alta periculosidade e na restauração da ordem pública quando as unidades de área já não detém o controle da situação.

A unidade foi criada dia 1º de fevereiro de 1979 apos a extinção do antigo Batalhão de Rádio-patrulha (BRp).

O Batalhão hoje é o Batalhão ROTAM, fruto do desmembramento do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), no ano de 1997. A frota de viaturas é dotada de veículos de quatro rodas, geralmente Caminhonetes Pajero DAKAR, a tão conhecida Chevrolet Blazer e de duas rodas, sendo motos modelo Yamaha XT660. As viaturas de quatro rodas são adaptadas para o tipo de patrulhamento ROTAM. A missão da ROTAM em Minas Gerais é ímpar e contribui para a paz em todo o Estado, sendo o lema principal da tropa: "AQUI NÃO SE CULTUAM OS FRACOS".

Goiás[editar | editar código-fonte]

No estado de Goiás, a ROTAM é muito conhecida por diversos fatores, como sua atuação rápida e intensiva em casos graves, porém em alguns anos ela chegou a ser denunciada por diversos casos de irregularidades e atuações indevidas.[5]

A ROTAM no estado de Goiás foi oficializada por volta de 2002 e foi impedida de patrulhar após intimidações a jornalistas e permitida sua volta logo após policiais serem rendidos por uma quadrilha de ladrões de automóveis. Em alguns relatos, foi por causa que os criminosos não tinha medo da PM em si, e apenas da ROTAM.[6]

Tocatins[editar | editar código-fonte]

No estado de Tocatins, a ROTAM é uma co-irmã da polícia militar goiana, e teve sua primeira turma formada em 09 de janeiro de 2009, com 43 policias militares.

Ver Também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.