Rambutão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaRambutã
Fruto inteiro e aberto

Fruto inteiro e aberto
Classificação científica
Reino: Plantae (Vegetal)
Filo: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Sapindales
Família: Sapindaceae
Género: Nephelium
Espécie: N. lappaceum
Nome binomial
Nephelium lappaceum
L.

O rambutã,[1] [2] (do malaio rambut, pelo inglês rambutan)[3] é o fruto da rambuteira[4] [5] (Nephelium lappaceum), uma árvore tropical de tamanho médio, da família das Sapindaceae, que se julga ser nativa do arquipélago malaio. O rambutão é um fruto comestível, muito abundante no Sudeste Asiático, sobretudo na Tailândia. É de cor vermelha (podendo raramente apresentar também cor amarela ou alaranjada), com uma casca dura revestida de protuberâncias que se assemelham "espinhos" tenros, assemelhando-se os frutos a pequenos ouriços. O seu interior é suculento e carnudo, com uma polpa translúcida de cor rosada, de sabor doce e ligeiramente ácido. O seu interior é muito semelhante a outros dois frutos asiáticas, a longane e a lichia.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

A sua designação deriva da palavra malaia rambut, que significa "cabelo"[2] . É uma referência ao aspecto externo do fruto, que lembra fios de cabelo.

Fruto aberto

Referências

  1. «rambutã». infopédia. Consultado em 2016-06-27. 
  2. a b FERREIRA, A. B. H. Novo dicionário da língua portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro. Nova Fronteira. 1986. p. 1 448.
  3. Embrapa fruticultura, acesso em 1 de outubro de 2009
  4. «rambutã». infopédia. Consultado em 2016-06-27. 
  5. «rambuteira: Significado de "rambuteira" no Dicionário Português Online: Moderno Dicionário da Língua Portuguesa - Michaelis - UOL». michaelis.uol.com.br. Consultado em 2016-06-27. 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Rambutão