Reino do Ponto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Reino do Ponto
Blank.png
281 a.C.62 d.C. 
Spqrstone.jpg
1stMithritadicwar89BC-pt.svg
Ponto (a vermelho) no século I a.C. imediatamente antes das Guerras Mitridáticas
Região Anatólia
Capital
Países atuais Turquia

Línguas oficiais
Religião Culto greco-autóctone

Basileu
• 281–266 a.C.  Mitrídates I
• 38-62 d.C.  Polemão II

Período histórico Antiguidade Clássica
• 281 a.C.  Fundação por Mitrídates I
• 62 d.C.  Anexação pelo Império Romano

O Reino do Ponto foi um Estado helenístico, situado a norte da península da Anatólia, na atual Turquia, fundado em 281 a.C. pelo nobre persa Mitrídates I.[1] Sua capital ficava em Amaseia. Superficialmente helenizado, manteve sua estrutura social persa, com os sacerdotes do templo e os nobres feudais persianizados dominando uma população heterogênea da aldeia. Nos séculos III e II a.C., gradualmente se afirmou entre os pequenos estados helenísticos da Anatólia, anexando Sinope como sua nova capital (183 a.C.). Atingiu seu apogeu sob Mitrídates VI (r. 115–63 a.C.), cujo programa de expansão causou desastroso conflito com a República Romana, resultando na virtual extinção do reino e sua incorporação (63–62 a.C.).[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Dam, Raymond van (2002). Kingdom of Snow: Roman Rule and Greek Culture in Cappadocia. Filadélfia: University of Pennsylvania Press. ISBN 978-0812236811