Ribeirão do Belém

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ribeirão do Belém
Ribeirão do Belém em Cava Grande
Comprimento 25 km
Nascente Parque Estadual do Rio Doce em Marliéria
Foz Rio Doce em Timóteo
Área da bacia 190 km²
Afluentes
principais
Córrego Santo Antônio, córrego Celeste e córrego Licuri
País(es)  Brasil

O ribeirão do Belém é um curso de água que nasce no município brasileiro de Marliéria, no interior do estado de Minas Gerais, e deságua em sua divisa com Timóteo. Sua nascente se encontra no interior do Parque Estadual do Rio Doce (PERD), percorrendo cerca de 25 quilômetros até sua foz no rio Doce.[1]

Sua sub-bacia, portadora de diversas nascentes, conta com cerca de 190 km² e é a maior dentre as que compõem o território de Timóteo. Boa parte de suas margens (entre as fozes do ribeirão do Belém e do córrego Celeste) delimita a divisa entre os municípios de Marliéria e Timóteo e se encontra protegida pelas matas do PERD.[2][3] Banha o distrito de Cava Grande, em Marliéria.[4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1980). «Folha SE-23-Z-D-V». Biblioteca IBGE. Consultado em 12 de janeiro de 2016. Cópia arquivada em 18 de outubro de 2017 
  2. Centro Universitário Católica do Leste de Minas Gerais (Unileste) (agosto de 2014). «Região Metropolitana do Vale do Aço - diagnóstico final (volume 2)» (PDF). Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado (PDDI). 2: 458. Consultado em 12 de janeiro de 2016. Arquivado do original (PDF) em 17 de novembro de 2015 
  3. Câmara Municipal de Timóteo. «Limites Municipais». Consultado em 12 de janeiro de 2016. Arquivado do original em 12 de janeiro de 2016 
  4. Jornal Diário do Aço (19 de janeiro de 2023). «Moradores do distrito de Cava Grande voltam a sofrer com efeitos da chuva». Consultado em 9 de fevereiro de 2023. Cópia arquivada em 9 de fevereiro de 2023 
Ícone de esboço Este artigo sobre hidrografia do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.