Ricardo Lísias

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ricardo Lísias
Nascimento 1975 (42 anos)
São Paulo,  Brasil
Nacionalidade Brasil Brasileiro
Ocupação Escritor
Prémios Prémio da Associação Paulista dos Críticos de Arte (2012)
Género literário Romance
Magnum opus O Céu dos Suicidas

Ricardo Lísias (São Paulo, 1975) é um escritor brasileiro[1].

Estreou na literatura em 1999, com o romance Cobertor de estrelas, que escreveu enquanto ainda cursava Letras na Unicamp[2]. Foi finalista do Prêmio Jabuti de 2008 com Anna O. e outras novelas (que incluía uma reedição dos textos Capuz e Dos nervos, publicados anteriormente em tiragem reduzida) e do Prêmio São Paulo de Literatura em 2010 com O livro dos mandarins. Seu conto Tólia foi selecionado para a edição da revista inglesa Granta Os melhores jovens escritores brasileiros.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • 1999 - Cobertor de estrelas (Rocco)
  • 2001 - Capuz (Hedra)
  • 2004 - Dos nervos (Hedra)
  • 2005 - Duas praças (Globo)
  • 2007 - Anna O. e outras novelas (Globo)
  • 2009 - O livro dos mandarins (Alfaguara)
  • 2012 - O céu dos suicidas (Alfaguara)
  • 2013 - Divórcio (Alfaguara)
  • 2015 - Concentração e outros contos (Alfaguara)
  • 2016 - Inquérito policial: família Tobias (Lote 42)
  • 2016 - A vista particular (Alfaguara)
  • 2017 - Diário Da Cadeia (Record)

Infantis[editar | editar código-fonte]

  • 2001 - Sai da Frente, Vaca Brava (Hedra)
  • 2005 - Greve Contra a Guerra (Hedra)[3][4]

Referências

  1. A verdadeira história fictícia de um escritor chamado Ricardo Lísias. Revista Brasileiros, 19 de setembro de 2013
  2. Ricardo Lísias. Jornal Rascunho - Gazeta do Povo
  3. Ricardo Lísias. Agência Riff
  4. Ricardo Lísias. Editora Objetiva

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) escritor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.