Rick Genest

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Rick Genest
No Festival de Tribeca, em 17 de setembro de 2011.
Nascimento 7 de agosto de 1985
Châteauguay, Montreal
Morte 1 de agosto de 2018 (32 anos)
Montreal
Nacionalidade canadense Canadá
Ocupação modelo
Página oficial
RickGenest.com

Rick Genest (Montreal, 7 de agosto de 1985 - Montreal, 1 de agosto de 2018), mais conhecido como Zombie Boy, foi um modelo canadense. Ficou conhecido por ter tatuagens por todo seu corpo, imitando a forma de um esqueleto, chamando a atenção de Lady Gaga, que o convidou para participar do videoclipe da canção "Born This Way" em 2011, o que proporcionou a ele reconhecimento mundial.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Zombie Boy nasceu em LaSalle, bairro do subúrbio de Montreal, era o mais velho de dois irmãos. De acordo com sua mãe, ele esperou até os 16 anos — em respeito a ela e seu pai — para fazer sua primeira tatuagem: Uma caveira com ossos cruzados, no ombro esquerdo. Aos 17 anos, após terminar o ensino médio, saiu de casa para morar sozinho, e aderiu à cultura punk, passando a utilizar piercings, fazendo mais tatuagens. Aos 21 anos procurou o artista Frank Lewis, responsável por criar a maior parte de suas tatuagens (cerca de oitenta por cento do corpo de Zombie Boy foram feitas por ele) . O processo durou mais que 6 anos e Zombie Boy gastou muito dinheiro no que considera ser uma obra de arte, concebida por para retratar "o corpo humano como um corpo em decomposição, a arte de um cadáver apodrecendo", e também um "tributo aos filmes de horror", seu gênero favorito. Ele tornou-se uma figura popular no cenário underground de Montreal, mas passou por dificuldades financeiras e acabou se tornando um sem-teto.[1]

Fama[editar | editar código-fonte]

Em 5 de março de 2010, uma página do Facebook foi criada sobre a escolha inusitada de Zombie Boy por suas tatuagens. A página chegou a ter mais de 1,5 milhões de membros, e culminou com a descoberta de Zombie Boy por Nicola Formichetti, diretor de moda de Lady Gaga.[2]

Em 19 de janeiro de 2011, Zombie Boy apareceu na coleção outono/inverno masculina da Mugler como modelo principal. O desfile não havia sido originalmente planejado e foi, de fato, resultado da descoberta de Zombie Boy por Formichetti e subsequente promoção por Lady Gaga.[3] A descoberta de Zombie Boy também provocou um desfile do próprio Formichetti. A apresentação foi acompanhada de um vídeo de Zombie Boy produzido pelo fotógrafo de moda Mariano Vivanco. Zombie Boy ainda apareceu ao lado de Lady Gaga no desfile da coleção outono/inverno feminina do mesmo ano, e no clipe da canção "Born This Way", que teve sua estréia no dia 28 de fevereiro de 2011.[4]

Morte[editar | editar código-fonte]

No dia 1 de agosto de 2018, seis dias antes de seu 33º aniversário, Genest foi encontrado morto em seu apartamento. A polícia local primeiramente cogitou o caso como suicídio,[5] mas a conclusão final foi que Rick sofreu traumatismo craniano depois de sofrer um acidente e cair do seu apartamento, no terceiro andar.[6] Mesmo lutando contra distúrbios psicológicos, o que levou a crer que Genest tivesse tirado a própria vida, a legista afirma que os exames toxicológicos mostraram que ele estava “fortemente intoxicado por álcool” no momento de sua morte e também foram encontrados vestígios de maconha em seu sangue.[7]

Referências

  1. «Unmasked, the tattooed freak who's become Lady Gaga's new best friend (but it turns out he's really a mummy's boy)» (em inglês). Mail Online. 11 de março de 2011 
  2. «I bet this guy will regret getting this tattoo once he's older!!» (em inglês). Facebook. Consultado em 21 de outubro de 2011 
  3. «The Incredible But True Story of How Nicola Formichetti Got Rick Genest to Model in Mugler.» (em inglês). HintMag. 20 de março de 2011 
  4. «Mugler Highlights: Gaga, Gaga's Pigtails, Precarious Footwear, and More Gaga, Amy Odell (The Cut/New York).» (em inglês). NY Mag. 2 de março de 2011 
  5. «Montreal model and artist known as Zombie Boy dead at 32» (em inglês). CBC. 2 de agosto de 2018. Consultado em 3 de agosto de 2018 
  6. https://revistaquem.globo.com/QUEM-News/noticia/2019/10/um-ano-depois-causa-da-morte-do-modelo-zombie-boy-e-divulgada.html
  7. «Zombie Boy's final message on Facebook before his suicide was a haunting poem called The Well posted weeks after joke about depression treatment» (em inglês). The Sun. 3 de agosto de 2018. Consultado em 4 de agosto de 2018 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons