Rob Hall

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde junho de 2012)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.

Rob Hall (Christchurch, 14 de janeiro de 1961 - Monte Everest, Nepal, 11 de maio de 1996)[1] foi um montanhista nativo da Nova Zelândia, conhecido por ser o chefe de uma expedição ao Monte Everest na qual ele, um guia, e dois clientes morreram. Este acontecimento trágico deu origem ao best seller Into Thin Air, publicado no ano seguinte pelo escritor Jon Krakauer.

Completou os Sete Cumes em apenas sete meses, em 1990. Em 1980, ainda apenas 19 anos, que chegou à sua primeira cúpula do Himalaia, a 6.856 metros de Ama Dablam em Sola Khumbu - região de Sherpa do Nepal. Durante três anos, Hall combinou seu trabalho de fabricante de roupas e peças para escaladas com temporadas de verão como um guia e líder da equipe de resgate para o Programa de Investigação da Antártida Nova Zelândia. A sua fama como montanhista lhe permitiu criar uma empresa, chamada de Adventure Consultants, que prestava o serviço de guia e ensinava como sobreviver durante as intempéries da escalada.[2]

Hall morreu de hipotermia durante uma nevasca quando estava próximo do pico do Everest, em 11 de maio de 1996.[3]


Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.