Robert Foxworth

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Robert Foxworth
Robert numa participação especial da série Cannon
Nome completo Robert Heath Foxworth
Nascimento 01 de novembro de 1941 (77 anos)
Houston, Texas
Nacionalidade norte-americano
Ocupação Ator
Atividade 1969 – presente
Cônjuge Marilyn McCormick (1964-1974, divorciado)
Elizabeth Montgomery (1993-1995, morte dela)

Robert Heath Foxworth (nascido em 1 de novembro de 1941) é um ator de cinema, palco e televisão norte-americano.

Juventude[editar | editar código-fonte]

Robert nasceu na cidade de Houston, Texas, filho de Erna Beth, escritora, e de John Howard Foxworth, um empreiteiro de coberturas.[1] Estudou na Escola de Lamar, na mesma cidade onde nasceu.[2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Robert atraiu primeiro a atenção como ator de palco, principalmente no Arena Stage em Washington, D.C.

Foi o escolhido para fazer o papel de J. R. Ewing na série Dallas, mas como queria que a personagem fosse muito mais suave, os produtores decidiram substituí-lo por Larry Hagman.[3]

De entre os muitos filmes e papeis televisivos que teve, como a série de televisão The Storefront Lawyers (1970–1971), Robert é mais conhecido pelo seu trabalho na série de televisão de horário nobre Falcon Crest (onde faz o sofrido e lutador sobrinho da atriz Jane Wyman, Chase Gioberti, de 1981–1987), em Six Feet Under (onde protagoniza Bernard Chenowith de 2001–2003) bem como o papel principal no filme de 1974 de Gene Roddenberry The Questor Tapes. Também apareceu no episódio "All My Tomorrows" da série romântica da NBC Love Story em 1973[4] e no episódio "The Mask of Adonis" da série de ficção científica de 1977 Quinn Martin's Tales of the Unexpected, também da NBC.[5] Teve uma participação especial na sétima temporada de The West Wing e uma aparição especial em Law & Order.

Robert fez de assassino, coronel do exército, no episódio Grand Deceptions de 1989, da série Columbo. Também teve participações especiais em Hawaii Five-O, Password Plus, Murder She Wrote, SeaQuest DSV, Star Trek: Deep Space Nine, The Outer Limits, Star Trek: Enterprise, Stargate SG-1 e Babylon 5. Deu a voz ao corrupto Professor Hamilton na Justice League Unlimited. Também deu voz a Ratchet dos Autobots, no telefilme dos Transformers e sequelas.

Informação pessoal[editar | editar código-fonte]

Robert foi casado com Marilyn McCormick de 1964 até 1974 e tiveram dois filhos, um deles o ator Bo Foxworth. Robert depois casa-se com a atriz Elizabeth Montgomery até à sua morte em 1995.

TV e filmografia[editar | editar código-fonte]

Telefilmes[editar | editar código-fonte]

  • 1971: Hogan's Goat
  • 1973: The Devil's Daughter
  • 1973: The Wide World of Mystery (Frankenstein)
  • 1974: Mrs. Sundance
  • 1974: The Questor Tapes
  • 1976: Invisible Strangler
  • 1977: It Happened at Lakewood Manor
  • 1978: Death Moon
  • 1980: The Memory of Eva Ryker
  • 1981: Peter and Paul - Peter
  • 1988: Double Standard
  • 1989: Columbo: Grand Deceptions
  • 1990: Face to Face (apresentação Hallmark Hall of Fame)
  • 1992: With Murder in Mind
  • 2006: The Librarian: Return to King Solomon's Mines

Notas[editar | editar código-fonte]

  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em inglês, cujo título é «Robert Foxworth».

Referências

  1. Robert Foxworth Biography (1941–)
  2. «Alumni, Lamar High School». Distinguished HISD Alumni. Houston Independent School District. Consultado em 24 de maio de 2011. Arquivado do original em 15 de maio de 2012 
  3. Bergan, Ronald (24 de novembro de 2012). «Larry Hagman Obituary». The Guardian. London. Consultado em 24 de novembro de 2012 
  4. tv.com Love Story Episode Guide
  5. «Classic Television Archive: Quinn Martin's Tales of the Unexpected (1977)». Consultado em 2 de junho de 2015. Arquivado do original em 19 de agosto de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]