Robert Frucht

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Robert Frucht
Conhecido(a) por Grafo de Frucht
Nascimento 9 de agosto de 1906
Brno
Morte 26 de junho de 1997 (90 anos)
Nacionalidade Alemanha Alemão
Alma mater Universidade de Berlim

Robert Wertheimer Frucht (Brno, 9 de agosto de 190626 de junho de 1997)[1][2] foi um matemático teuto-chileno.

Seus campos de pesquisa foram principalmente a teoria dos grafos e o automorfismo de grafos.

Em 1908 sua família mudou-se de Brno (atualmente na República Tcheca) para Berlim.[2] Frucht entrou na Universidade de Berlim em 1924, interessado em estudar geometria diferencial, mas estudou teoria dos grupos influenciado por seu orientador de doutorado Issai Schur, obtendo o doutorado em 1931.[3][4] Sem conseguir ingressar na carreira acadêmica devido à sua nacionalidade tcheca, tornou-se atuário em Trieste, mas abandonou a Itália em 1938, por causa das leis raciais então em vigor.[3][5] Mudou-se para a Argentina, onde moravam parentes de sua mulher, tentando seguir então para os Estados Unidos, mas sua atuação extra-acadêmica impediu-o de obter o visto.[2][5] Nesta ocasião Robert Breusch, um matemático alemão que trabalhava no Chile e estava mudando-se para os Estados Unidos, convidou-o para ocupar seu posto na Universidade Técnica Federico Santa María em Valparaíso, onde Frucht iniciou a trabalhar em 1939.[1][2][6] Na Universidade Técnica Federico Santa María Frucht tornou-se chefe do Departamento de Matemática, de 1948 a 1968, tornando-se professor emérito em 1970.[2]

Frucht é conhecido pelo teorema de Frucht, estabelecendo que todo grupo pode ser realizado formado como o grupo de simetrias de um grafo indireto,[7][8] e pelo grafo de Frucht, umdos dois menores grafos cúbicos sem simetrias não triviais. A notação LCF, um método para descrever caminhos hamiltoniano cúbicos, foi denominado com as iniciais de Joshua Lederberg, Harold Scott MacDonald Coxetere Frucht, seus principais desenvolvedores.[9]

Referências

  1. a b «Mathematics People» (PDF), Notices of the AMS, 44 (9): 1111–1113, October 1997  Verifique data em: |data= (ajuda).
  2. a b c d e Biography of Frucht (in espanhol), Walter Gaete and Raúl González, retrieved 2010-04-22.
  3. a b Frucht, R. (1982), «How I became interested in graphs and groups», Journal of Graph Theory, 6 (2): 101–104, doi:10.1002/jgt.3190060203 .
  4. Predefinição:Mathgenealogy.
  5. a b Siegmund-Schultze, Reinhard (2009), Mathematicians fleeing from Nazi Germany: individual fates and global impact, ISBN 9780691140414, Princeton University Press, pp. 9, 132, 305 .
  6. Armacost, David; Denton, James; Romer, Robert; Towne, Dudley, «Robert Breusch», Memorial Minutes, Amherst College, consultado em 24 de abril de 2010 .
  7. Frucht, R. (1939), «Herstellung von Graphen mit vorgegebener abstrakter Gruppe.», Compositio Mathematica, ISSN 0010-437X (em German), 6: 239–250, Zbl 0020.07804 .
  8. Frucht, R. (1949), «Graphs of degree three with a given abstract group», Canadian Journal of Mathematics, ISSN 0008-414X, 1: 365–378, MR 0032987 .
  9. Frucht, R. (1976), «A canonical representation of trivalent Hamiltonian graphs», Journal of Graph Theory, 1 (1): 45–60, doi:10.1002/jgt.3190010111 .

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) matemático(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.